Muitos imaginam que a Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, hoje a maior Parada LGBT do mundo, é realizada “de um dia para o outro”. Mas não, por isso sempre que podemos, passamos esta informação aqui no site ou nas redes sociais: a Parada é construída ao longo dos anos e envolve não só o trabalho da APOGBLT SP (www.paradasp.org.br), única ONG responsável por sua realização, como também coletivos e militantes independentes que auxiliam em seu trabalho.

Por isso, ao longo do ano, são realizadas várias reuniões para definir, junto da comunidade LGBT, o caminho que a Parada deverá seguir. Recentemente, conseguimos, e em conjunto, definir o tema e o slogan da Parada LGBT de 2017:

Tema: Estado Laico
Slogan: Independente de nossas crenças, nenhuma religião é lei! Todas e todos por um Estado Laico.

E ainda uma justificativa para estes dois, que pode ser lida integralmente aqui

Com a definição do tema e slogan concluído. O próximo passo foi abrir a seleção da Arte da Parada 2017, que também fizemos por meio do nosso site e redes sociais, que podem ser visualizadas aqui.

Felizmente, a repercussão desta seleção foi grande e recebemos um número significativo de trabalhos realizados por ilustradorxs, desenhistas e designers.

Em nossa reunião, realizada dia 17/12/2016, em comum acordo, a diretoria da APOGLBT SP, juntamente com os coletivos e militantes independentes, decidiram premiar duas pessoas, ao invés de apenas uma. E assim, unir parte da arte de um e parte da arte do outro, resultando em uma arte unificada.

Os contemplados foram o Pedro Castro e o Getúlio Lima. Ambos tiveram suas artes aprovadas e receberão dois convites cada para o trio da APOGLBT SP durante a Parada do Orgulho LGBT de São Paulo em 2017.

Por este mesmo motivo, demoramos para divulgar a arte escolhida: tivemos que agradecer aos dois e pedir, encarecidamente, que eles mesclassem suas artes em uma só (sem alterar os conteúdos individuais aprovados). O que foi feito na semana seguinte.

Após a mesclagem, em reunião da diretoria da APOGLBT SP, firmando o acordo e votação realizado com os coletivos e militantes independentes, finalmente temos a Arte da Parada LGBT de 2017:

Em nome da diretoria da APOLGBT SP, militantes e coletivos, agradecemos a participação de todxs xs envolvidxs e lembramos que a construção deste movimento político, mas que também carrega alegria, é feito em conjunto e por isso conta com todxs.

Nosso trabalho? Está só começando!

2 COMMENTS

Leave a Reply