ATENÇÃO: ONG APOGLBT SP convoca todos os seus associados para recadastramento!

A Associação da Parada do Orgulho GLBT de São Paulo convoca todos os seus associados para o recadastramento de suas fichas associativas.

Durante um longo período, a APOGLBT teve dificuldades para associar novos membros e atualizar os já existentes devido ao descaso de gestões anteriores com a questão. Com muito esforço, a atual diretoria conseguiu reunir todas as fichas e está comprometida com a atualização e inclusão de novos associados.

Na última assembleia, foi aprovada a anistia de débitos contributivos retroativos para todos os associados, ficando os mesmos aptos a direitos e obrigações dos associados, desde que passem a respeitar o novo estatuto e suas respectivas taxas contributivas. O recadastramento deverá ser feito no período de 45 dias úteis, sendo do dia 16/08/2018  a 16/10/2018, no site da associação ou diretamente em nossa sede administrativa (Rua Barão de Itapetininga, 255 – sala 716 – São Paulo – SP).

O recadastramento visa atualizar os dados de nossos associados, uma vez que é constitucional e de livre escolha dos indivíduos, permanecendo associados apenas os que assim optarem.

Importante: O não recadastramento na data supracitada implicará na perca de direito a condição de associado (a). O Associado (a) que não se recadastrar no período estabelecido fica o direito de futuramente pleitear uma nova filiação, porém, sem o direito de filiação com data retroativa da sua antiga filiação.

Contato por e-mail paradasp@paradasp.org.br

Para novas associações, utilizar o link http://paradasp.org.br/associe-se


>> Aproveitando sua visita:

– Ajude a ONG APOGLBT SP, Associe-se!
– Curta as redes sociais da Parada LGBT de SP: Facebook / Twitter / Instagram
– Participe também do evento oficial da Parada no Facebook: Parada do Orgulho LGBT de SP 2018

Publicado por: Fabrício Viana
Fabrício Viana é jornalista (MTB 80753/SP), gay, escritor premiado e responsável pela assessoria e comunicação da APOGLBT SP, ONG que realiza a maior Parada LGBT do mundo. Mais sobre Viana, aqui