Brasileiros estão oferecendo serviços gratuitos para casamentos LGBTs até o final do ano.

Com receio que LGBTs percam os poucos direitos adquiridos a partir do início do ano, há uma onda de casamentos LGBTs sendo programados as pressas em diversos estados do Brasil. E, como são “as pressas”, quase ninguém guardou dinheiro para o evento.

Pensando-se nisso, e utilizando-se as redes sociais, muitos brasileiros começaram a publicar nos seus perfis o texto:

TRABALHO DE GRAÇA NO SEU CASAMENTO LGBTI+ é sério!

Os serviços que eu e outros amigos podemos prestar estarão na tabela. Se você pode ajudar com algum serviço (mesmo que amador) e quer se solidarizar com amigos LGBTI+ que terão que se casar às pressas antes do final do ano, copie e cole no seu mural também.

#casamentoLGBTI+

Como são mutias pessoas, outras, fazem questão de organizar essa prestação de serviços. Este é o caso do Marcelo Serrano Wellington Pereti que, juntos, criaram uma planilha pública e atualizam com os dados. Outras pessoas, como a jovem escritora LGBT Lorena Miyuki, são uma das várias que replicam e divulgam a planilha.

Até este momento, a planilha já tem mais de 560 nomes e cresce a cada minuto.

Ela pode ser acessada aqui:

 

Outras pessoas e muitos outros grupos também estão se organizando.

Inclusive até pessoas que não são LGBTs, como esse jovem heterossexual que publiquei no meu blog pessoal.

E você? Vai ajudar também?

Vamos participar dessa onda de amor coletivo? Ajudando outros LGBTs?

Afinal, somos força, união e resistência. Hoje e sempre!


>> Aproveitando sua visita:

– Ajude a ONG APOGLBT SP, Associe-se!
– Curta as redes sociais da Parada LGBT de SP: Facebook / Twitter / Instagram
– Participe também do evento oficial da Parada no Facebook: Parada do Orgulho LGBT de SP 2018

Publicado por: Fabrício Viana
Fabrício Viana é jornalista (MTB 80753/SP), gay, escritor premiado e responsável pela assessoria e comunicação da APOGLBT SP, ONG que realiza a maior Parada LGBT do mundo. Mais sobre Viana, aqui