quarta-feira, agosto 23, 2017
Release

Para jornalistas, fotógrafos e veículos de comunicação interessados em cobrir a Parada do Orgulho LGBT de São Paulo no dia 18/06, ou ainda, a Feira Cultural LGBT ou o Prêmio Cidadania em Respeito à Diversidade, deverão fazer seu credenciamento até o dia 05/06 pelo endereço:

http://paradasp.org.br/credenciamento2017

Muita gente pede credencial de imprensa dias antes da realização do evento. Alguns outros pedem a credencial no dia. Isso é algo impossível. A Parada do Orgulho LGBT de São Paulo é o maior evento de visibilidade LGBT do mundo. Jornalistas e veículos de comunicação sabem que, para eventos deste porte, o credenciamento é iniciado e encerrado meses antes. Nós, para tentar auxiliar todos, conseguimos manter até o dia 05/06. Depois desta data, impossível!“,  ressalta Fabrício Viana, jornalista responsável pela imprensa da APOGLBT SP.

Outro detalhe importante é que, neste ano, todas as credenciais de imprensa terão o texto reforçando que o acesso aos trios durante a Parada é limitado a 15 minutos. Tempo suficiente para fotos, vídeos e pequenas entrevistas. Esse limite é dado porque já existe um número de convidados para cada trio e se todos da imprensa resolvem subir e permanecer, pode sobrecarregar os carros.

Após efetuar o cadastro no link acima, todos devem aguardar a confirmação. A equipe de imprensa da APOGLBT SP vai analisar todos os dados e se precisar, recusar algumas credenciais. A confirmação será dada até o dia 07/06 e as credenciais aprovadas serão entregues dia 09/06.

Além do Credenciamento, veículos que desejarem receber releases e informações da APOGLGBT nestes dias devem fazer também seu cadastro neste link:

http://paradasp.org.br/imprensa

.

Na próxima segunda-feira, 22/05, começa o 16º Ciclo de Debates promovido pela Associação da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo (APOGLBT SP). O evento, aberto ao público e organizado por Willian Salvador Martins, tem como finalidade desenvolver o diálogo em função da realidade vivida por lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros visando o compartilhamento de experiências, visibilidade e luta da comunidade LGBT.

PROGRAMAÇÃO:

– 22/05 – Segunda-feira
Tema da Parada – “Estado Laico”
Palestrantes: Secretário Márcio Fernandes Elias Rosa, Gedeon Freire Alencar e Orlanda Araújo.

– 23/05 – Terça-feira
Violência contra a mulher LBTT
Mulheres vítimas de intolerância religiosa, racismo, misoginia, bullying e machismo
Palestrantes: Soninha Francine, Viviany Beleboni, Coletiva Luana Barbosa e Fernanda Yonomiris.

– 24/05 – Quarta-feira
Jovens; Sexualidade e Prevenção
Palestrantes: Marcos Blumenfeld Deorato, Ivone de Paula, Fabiola Santos Lopes e Revista Viração.

– 25/05 – Quinta-feira
Família, crianças transgêneros, adoção e terceira idade
Palestrantes: Hellen Lanhellas, Tom Cordeiro, Angela Fontes e Alexya Salvador.

– 26/05 – Sexta-feira                                                                                                                             Empregabilidade e empoderamento LGBT da Pessoa com Deficiência (PCD).
Palestrantes: Ivone Oliveira, Silvana Pereira Gimenes, Junior Nascimento e Leandra Du Art.

Os debates ocorrerão do dia 22/05 até o dia 26/05 (sexta-feira), das 19h às 21h, na Secretaria da Justiça – Pátio do Colégio, nº 184. A entrada é gratuita e não é necessário inscrição. Basta comparecer.

SERVIÇO:

16º Ciclo de Debates – APOGLBT SP
– Data: 22 a 26/05 – Horário: das 19h às 21h – Entrada gratuita.
– Local: Secretaria da Justiça – Pátio do Colégio, 184 (ao lado do metrô Sé). São Paulo / SP
– Realização: APOGLBT
– Apoio: Ibis Budget Frei Caneca, Ibis Paulista, e Ibis Budget Paulista
– Apoio Institucional: Secretaria de Saúde, Secretaria de Justiça e Secretaria de Direitos Humanos
– Patrocinadores: Skol e Uber
– Site da APOGLBT: http://www.paradasp.org.br
– Link do evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/1825505277774197

Hoje, dia 17 de Maio, dia Internacional de Combate à LGBTfobia, a Associação da Parada LGBT de São Paulo (APOGLBT-SP) realizou na Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Governo do Estado de São Paulo sua primeira coletiva de imprensa para apresentar o 21º Mês do Orgulho LGBT 2017.

A Mestre de Cerimônia, a drag queen Tchaka, fez suas considerações e destacou a importância do tema deste ano na Parada do Orgulho LGBT de São Paulo que é “Independente de nossas crenças, nenhuma religião é lei! Todas e todos por um Estado Laico”. Em seguida, abriu falas para as autoridades presentes e para Claudia Regina, presidente da APOGLBT.

Claudia destacou a importância do tema “Estado Laico” e reforçou que todas as ações são planejadas ao longo do ano e que a escolha envolveu mais de 150 militantes, incluindo ONGs e coletivos, para que, juntos, decidam quais ações devem ser priorizadas.

Estavam presentes no Cerimonial, o Sr. Marcio Elias Rosa (Secretario de Justiça e Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo), Thiago Amparo (Secretário Adjunto de Direitos Humanos e Cidadania da Prefeitura de São Paulo), Leonardo de Morais Barros (Chefe de Gabinete da Secretaria de Justiça), Maria Clara Gianna (Diretora do Centro de Prevenção DRT/Aids) e os representantes das empresas patrocinadoras Skol e Uber.

Letícia Mazon (Gerente de Comunicação) da Uber, ressaltou que a Uber já realizou diversas ações de inclusão da diversidade no Brasil e no mundo, já Maria Fernanda, Diretora da Ambev, reforçou que este é o segundo ano que a marca Skol patrocina o evento, e que este ano a empresa produziu uma edição/tiragem especial de latas da cerveja Skol com as cores da bandeira LGBT.

Ambas empresas demonstraram estar animadas e acreditando no projeto Parada do Orgulho LGBT de São Paulo.

O 21º Mês do Orgulho LGBT de São Paulo 2017, tem em sua programação os seguintes eventos: Ciclo de Debates LGBT, Ciclo de Leituras Dramáticas, Campanhas de Saúde, Mostra de Cinema, Em Memória, Feira Cultural LGBT, Prêmio Cidadania em Respeito à Diversidade, Jogos da Diversidade e a 21ª Parada do Orgulho LGBT de São Paulo (com seu show de encerramento) que ainda é considerada o maior evento de visibilidade da comunidade LGBT do mundo.

Para acessar a agenda completa, o link é http://paradasp.org.br/agenda2017

A segunda Coletiva de Imprensa está prevista para acontecer no dia 13/06/2017.

 

Direcionada para jornalistas e veículos de comunicação, a 1ª Coletiva de Imprensa da Parada LGBT de São Paulo será realizada na próxima quarta (17) no auditório Franco Montoro da Secretaria de Justiça (Pátio do Colégio, 184) a partir das 10h.

Estarão presentes Claudia Regina (presidente da Associação da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo), representantes do governo municipal e estadual, secretário de justiça, Skol e Uber (patrocinadores).

Para participar, jornalistas e veículos de imprensa deverão fazer seu cadastro no link abaixo até o dia 15/05:
http://paradasp.org.br/convite2017

Após o cadastro, a confirmação será feita dia 15 e 16/05 por telefone ou e-mail.

Dúvidas e outras informações podem ser sanadas pelo telefone 11 3335-1040 com Fabrício Viana ou Leonan Oliveira.

Vídeo do Mês do Orgulho 2016:

Aproveitando, para o credenciamento de imprensa, veículos deverão se cadastrar em outra lista:
http://paradasp.org.br/credenciamento2017

A APOGLBT SP, ONG responsável pela maior parada LGBT do mundo e outros eventos que compreendem o Mês do Orgulho (agenda aqui http://paradasp.org.br/agenda2017) abre uma vaga de estágio na área de jornalismo/assessoria de imprensa para o mês de Abril, Maio e Junho.

Perfil que buscamos:

– Boa redação;
– Vivência em redes sociais/hootsuite;
– Conhecimento/contato com veículos de imprensa;
– Conhecimentos sobre os movimentos sociais LGBTs (história, termos utilizados, vivência, etc);
– Estar devidamente matriculadx (a partir do quarto semestre) no curso de jornalismo ou comunicação social com habilitação em jornalismo;

Sobre o estágio:

O estágio será de segunda a sexta, das 10h as 17h30, com horário de almoço e ajuda de custos. A ONG está localizada na Praça da República em São Paulo (precisa ter fácil acesso ao local).

Envio de currículos:

O estágio é para trabalhar diretamente com o escritor e jornalista Fabrício Viana. Os currículos devem ser enviados para o e-mail fabricioviana@paradasp.org.br até 13/04/2017. Todxs xs candidatxs precisam ter disponibilidade para início imediato. Dúvidas? Apenas por e-mail.

A Associação da Parada LGBT de São Paulo (APOGLBT SP) convida outras ONGs de direitos LGBTs, coletivos e militantes independentes para a reunião de continuação dos trabalhos dos GTs (Grupos de Trabalho) para o Mês do Orgulho LGBT em 2017.

A reunião será neste sábado, 08/04, às 13h30, na União Geral dos Trabalhadores: Rua Aguiar de Barros, 144

Pedimos a gentileza para que, todas as pessoas interessadas, cadastre seus dados abaixo (caso já tenha se cadastrado em outro momento, não é necessário cadastrar-se novamente!):

A Associação da Parada do Orgulho GLBT de São Paulo (APOGLBT/SP), comunica aos seus associados que a partir desta data (03/04), o Sr. Fenando Quaresma de Azevedo, por motivos pessoais e a pedido do mesmo, deixa a Presidência da APOGLBT/SP.

Informa ainda que, quem ocupará o cargo de Presidente, conforme determina o Estatuto da ONG, é a Sra. Claudia Regina dos Santos Garcia, até então Vice-Presidente da APOGLBT/SP.

Em nome de toda a Diretoria agradecemos ao Sr. Fernando Quaresma de Azevedo pelos serviços prestados como Presidente e associado, trabalhos estes de grande valia para a comunidade LGBT.

Aproveitamos para dar boas-vindas à nossa Presidenta Claudia Regina dos Santos Garcia.

Sem mais,

Atenciosamente,
DIRETORIA APOGLBT/SP

Participe de oficina sobre Estado Laico!

A APOGLBT SP, por meio do seu Grupo de Trabalho chamado Comunicação Cidadã, terá ação inédita neste ano e você é fundamental para realizá-la!

Como forma de propagar o tema da Parada deste ano, a defesa do Estado Laico, a entidade colocará estandes em pontos de grande movimentação de pessoas na cidade de São Paulo. O objetivo é, por meio do diálogo e de material impresso, conversar com o público em geral sobre a importância da separação da religião e do Estado, e o quanto a nossa cidadania corre risco enquanto isso não acontece.

Para você participar dessa ação, inscreva-se na oficina que será realizada neste sábado, dia 1º de abril, entre 14h e 17h30, no Sindicato dos Comerciários (R. Formosa, 99 – Centro, São Paulo – SP). No evento, especialistas falarão sobre Estado Laico e será alinhada a forma de atuação do voluntariado nessa atividade.

Para inscrever-se, preencha o formulário abaixo! E chame mais e mais pessoas! Evento no Facebook, clique aqui.

ATO BASTA, CHEGA DE LGBTFOBIA!

Em 65 dias de 2017, 70 LGBTS ASSASSINADOS no Brasil!

O cruel assassinato da trans DANDARA no Ceará é apenas mais um de um genocídio diário. 338 HOMOCÍDIOS no ano passado. Precisamos pressionar o Governo Temer para aprovar a criminalização da homofobia!

A APOGLBT SP convoca todas as ONGs de militância, coletivos e militantes independentes para se unirem a este ATO BASTA, CHEGA DE LGBTFOBIA!

O ato será no dia 18/03/2017 na Praça Roosevelt, com concentração as 16h e início as 17h. Sairemos em caminhada pela Av. Ipiranga, Praça da República, Vieira de Carvalho e Largo do Arouche.

Até o momento, estão com a gente:
– Família Stronger
– Mães pela Diversidade
– Associação Cultural Dynamite
– Familia Lobos
– Familia Vallentiny.
– Roda de Conversa
– Comissão da oab de Jundiaí
– Ong Liberdade de Amar
– Instituto Nice
– ONG Aliados (Aliança Pela Livre Identidade e Apoio â Diversidade de Orientação Sexual) de Jundiaí/SP
– Cursinho Transformação
– Forum LGBT de Mogi das Cruzes
– Associação Casarão Brasil
– Instituto Omindaré
– Diversidade Tucana Municipal
– Revolta da Lâmpada
– Grupo de Advogados pela Diversidade Sexual e de Gênero
– IBRAT
– CAIS – Centro de Apoio e Inclusão Social de Travestis e Transexuais

Faça parte desta lista. Mande um e-mail para parada@paradasp.org.br e vamos, todas as pessoas juntas, promover este ato contra a LGBTFobia que, em 65 dias, já matou 70 pessoas LGBTs.

Serviço:

ATO BASTA, CHEGA DE LGBTFOBIA!
Dia 18/03, concentração as 16h
Local Praça Roosevelt – São Paulo / SP
Link do evento http://paradasp.org.br/atobasta