Conferência [Ssex Bbox] chega em sua quarta edição

Com debates, oficinas e exposição sobre diversidade sexual e de gênero, a quarta edição da Conferência Internacional Ssex Bbox começa hoje e vai até domingo.

O [SSEX BBOX] é um projeto social que busca oferecer perspectivas plurais sobre sexualidade e gênero. De 20 a 23 de setembro realiza a quarta edição de sua conferência anual, dessa vez no Red Bull Station. O evento, que coloca em pauta questões relativas à população LGBTQIA+.

Atrações nacionais e internacionais falarão sobre diversidade tendo em vista uma estratégia de enfrentamento ao preconceito, discriminação e violência causada pela homo/lesbo/bi/transfobia. Temas como cisgeneridade, branquitude, masculinidades e monogamia estarão no centro de debates e workshops. O Red Bull Station fica Praça da Bandeira, 137 e a programação é toda gratuita. CONFIRA:

Dia 20/9, quinta-feira
17h – Networking e happy hour de boas vindas (auditório e laje)
19h – Mesa de abertura (auditório) – Tema: Monogamia – caminho natural, instituição ou herança colonial? Com Tristan Taormino (EUA), autora feminista e educadora sexual.
21h – Coquetel (laje)

Dia 21/9, sexta-feira
10h às 16h – Workshop* “Livres e iguais: 5 padrões de conduta para empresas no enfrentamento ao preconceito com pessoas LGBTQ”. *Atividade fechada para empresas convidadas
19h – Roda de conversa sobre Masculinidades (auditório) – com o educador trans negro Fresh White (EUA), o jornalista ativista em questões de transmasculinidade Nikita Dupuis-Vargas (Colômbia) e o consultor do [SSEX BBOX] e ativista trans, Lam Matos (São Paulo). Mediação de Daniel Teixeira.

Dia 22/9, sábado
11h às 23h – Feira Gastronômica (laje)
11h às 23h – Red Bull Amaphiko apresenta Feira da diversidade LGBTQIA (corredor estúdio)
14h – Workshop “Amor Livre – Modelos para Não Monogamia) – com Tristan Taormino (auditório)
17h – Debate “Cisgeneridade – Transgeneridade: convergências identitárias” – com publicitária e designer Neon Cunha e a repórter Fabiana Moraes (auditório)
20h30 – Show com Mulher Pepita. Priscila Nogueira, mais conhecida como PEPITA, ganhou notoriedade por ser a primeira funkeira transexual do Brasil

Dia 23/9, domingo
11h às 23h – Feira Gastronômica (laje)
11h às 23h – Red Bull Amaphiko apresenta Feira da diversidade LGBTQIA (corredor estúdio)
13h – Roda de conversa “Trans no Esporte” – com Leonardo Peçanha, educador físico, homem trans negro especialista em Gênero e Sexualidade, e Juliano Ferreira, fisiculturista (homem trans) vencedor na categoria masculina. (auditório)
15h – Roda de conversa “Diálogos sobre a Branquitude” – com a escritora brasileira Lia Schucman e Cida Bento, eleita pela revista The Economist, em 2015, uma das 50 profissionais mais influentes do mundo no campo da diversidade. Mediação de Júlia Rosemberg, coordenadora do [SSEX BBOX] (auditório)
17h – Workshop “Mindfulness” – com Fresh White (auditório)
19h – Palestra “Não-binários e two spirits” – com Niki (auditório)

Exposição Artigo Indefinido (galeria transitória)
De 20 a 23 de setembro – das 17h às 23h
Exposição das fotos feitas para o Caderno Globo Corpo: Artigo Indefinido. Ensaio com 21 retratos de pessoas envolvidas na luta de gênero que colocam o corpo no foco do debate e das lentes do fotógrafo Gui Gomes. O ensaio traz temas como feminismo, equidade e crítica à desigualdade de gênero, corpos, interseccionalidade, educação, mercado de trabalho, violência e direitos civis. O objetivo é estimular o debate e mostrar como a questão de gênero é múltipla.

Mais informações, visite:
http://ssexbboxconferencia.com.br/


>> Aproveitando sua visita:

– Ajude a ONG APOGLBT SP, Associe-se!
– Curta as redes sociais da Parada LGBT de SP: Facebook / Twitter / Instagram
– Participe também do evento oficial da Parada no Facebook: Parada do Orgulho LGBT de SP 2018

Publicado por: Fabrício Viana
Fabrício Viana é jornalista (MTB 80753/SP), gay, escritor premiado e responsável pela assessoria e comunicação da APOGLBT SP, ONG que realiza a maior Parada LGBT do mundo. Mais sobre Viana, aqui