Conheça Chiclete (Avante), Candidato LGBTI+ Deputado Estadual

ELEIÇÕES 2018

Conheça as candidaturas LGBT por São Paulo nas eleições 2018

A Associação da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, a ONG responsável pela maior Parada do Orgulho LGBT do mundo, dando continuidade ao tema da Parada LGBT 2018 “PODER PARA LGBTI+, NOSSO VOTO, NOSSA VOZ” traz para você eleitor e eleitora um Raio -X de quem são as pessoas LGBT candidatas a deputadas estaduais e federais pelo estado de São Paulo. O objetivo desta página Eleições 2018 é orientar a comunidade LGBTi+ da importância da escolha dos seus candidatos e candidatas para elegermos o maior número possível de representantes da nossa comunidade nesta eleição.

Se você é candidato ou candidata LGBTI+ e quiser ser divulgado nesta seção, entre em contato pelo e-mail paradasp@paradasp.org.br


Conheça Chiclete (Avante), Candidato LGBTI+ Deputado Estadual

Nome que consta no registro eleitoral
Chiclete

Partido Político que está Filiado
PSOL – Candidato Deputado Estadual

Profissão:
Locutor

Qual é o seu envolvimento com o movimento social LGBT?
Diretor Artístico da APLGBTPG.

O que já fez de concreto que tenha resultado em impacto positivo para a comunidade LGBT?
Consegui em 2004 a liberação para realização da 1° Parada do Orgulho de São Vicente, em 2010 a aprovação na Câmara Municipal de Santos da Semana da diversidade e em 2018 conseguimos a liberação para realização da 1° Parada do Orgulho de Praia Grande SP.

Como você vai fazer para conseguir apoio de modo a ter maioria no parlamento e, desta forma, aprovar projetos pró LGBTI+?
Da mesma forma que sem cargo eletivo em Santos consegui aprovar na Câmara por unanimidade a semana da diversidade que no mesmo ano entrou para o calendário da cidade . Através do convencimento dos demais candidatos sobre a importância de cada projeto que defendo .

Como pretende enfrentar as resistências que pode vir a ter na Casa Legislativa de bancadas conservadoras como a da Boi, Bala e da Bíblia?
Farei minha parte enquanto representante do povo em especial LGBTI+ , NEGROS , ÍNDIOS, QUILOMBOLAS, MULHERES enfim se surgirem resistências encontrarão outra resistência. A minha.

Se eleita ou eleito, pretende ter quantos funcionários no gabinete? Como será as escolhas delas/deles? Qual vai ser o critério de escolha dessas pessoas?
Quantidade de funcionários ainda não descidi porém não pretendo fazer do gabinete um cabide de empregos , os critérios serão competência, gente preparada para área de trabalho que irá assumir .

Como pretende usar os recursos do mandato?
Em prol do que acredito e defendo projetos que visem apoiar as lutas contra LGBTFOBIA.

Qual vai ser sua primeira medida se eleita/eleito?
Será criação de um projeto de Lei que vise a informatização da saúde. Através do cartão saúde. Neste cartão estará contendo todos os dados clínicos do cidadão agilizando os atendimentos e acabando com as filas . Desta forma salvando mais vidas e impedindo que cidadãos e cidadãs trans passam transtornos na hora de buscar atendimento médico.

Quais políticas LGBT pretende encampar? Como?
Lutarei pela implantação nas regiões metropolitanas do estado capital , baixada santista, vale do Ribeira, litoral norte e vale do Paraíba dos centros especializados LGBTI+ oferecendo abrigo , cursos , etc . Além também da implantação da Delegacia da Diversidade. Uma delegacia especializada com investimento em tecnologia para o combate os crimes de ódio, seja por LGBTFOBIA, Raça, Cor , intolerância religiosa enfim contra todo e qualquer preconceito . Dando assim maior sensação de segurança a nossa sociedade .

Com quais setores da sociedade e seus representantes pretende se aliar para conseguir maioria para aprovar leis que garantam os nossos direitos?
Movimentos LGBTI+ associações, MULHERES, NEGROS e instituições religiosas que assim como a gente também sofrem perseguições. Minoria unida torna-se maioria .

Qual sua posição em relação à reforma da previdência? Justifique.
Contra acredito que não precisamos mexer nos direitos do cidadãos mais sim nas regalias da classe política. Tirando mordomias por exemplo auxílio moradia .

Qual seu posicionamento em relação à reforma trabalhista? Justifique.
Contra . Porque não posso concordar com a retirada de direitos . Acho que a reforma que deveria se fazer é a de impostos reduzindo facilitando a vida dos produtores , exportadores e gerando assim mais empregos .

Qual a sua posição em relação a legalização de algumas drogas e do aborto? Justifique.
Não uso drogas e sou contra as drogas . Porém á Maconha não a vejo como droga , o cigarro por exemplo é bem mais prejudicial e é vendido livre-mente porque não a maconha ? Aborto sou favorável desde que seja fruto de violência. Ou total despreparo da família. Pois colocar uma criança no mundo para sofrer é bem pior que abortar . Outra antes uma mulher realizar o aborto com segurança que realizar em fundo de quintal .

O acesso a armas de fogo deve ser controlado com maior rigor pelo Estado? Justifique.
Sim . Acredito que nossa população não está na preparada para uso de armas de fogo . Principalmente nesses últimos tempos

O aborto deve ser tratado como crime? Justifique.
Depende da situação. Em caso de estupro não.

A maioridade penal deve ser reduzida para 16 anos? Justifique.
Sim . Se com 16 anos pode votar , ter filhos , matar pode também responder por seus atos .

O consumo de maconha deve ser tratado como crime? Justifique.
Não. Como já disse a maconha ao meu ver é bem menos prejudicial que o cigarro . Inclusive usada pela medicina em diversos países.

Os professores devem ter total liberdade para expressarem suas ideias e opiniões em sala de aula (sem nenhuma limitação colocada pelo Estado ou pelas famílias)? Justifique.
Difícil falar sobre essa questão. Mais acredito que professores devam sim ter liberdade para ensinar . Porém não se pode ter lado deve ser neutro . Pois imagine um conservador e um liberal defendendo suas ideologias . Como ficaria a cabeça dos alunos . Uma bagunça né rsrsrs . Mais ainda assim com certos cuidados é claro sou a favor da liberdade .

Você é a favor da pena de morte? Justifique.
Até seria sim . Em casos hediondos em que o cara estupra é mata , em casos como o da Dandara esses tipos de monstros nunca serão reabilitados . Porém no Brasil pena acredito que teríamos que evoluir muito no sentido segurança, inteligência enfim para se implantar uma lei dessas .

Site/link com mais informações:
https://www.facebook.com/valter.correa.50

Conheça outros candidatos/as aqui: http://paradasp.org.br/category/eleicoes-2018/

Se você é candidato ou candidata LGBTI+ e quiser ser divulgado nesta seção, entre em contato pelo e-mail paradasp@paradasp.org.br

 


>> Aproveitando sua visita:

– Ajude a ONG APOGLBT SP, Associe-se!
– Curta as redes sociais da Parada LGBT de SP: Facebook / Twitter / Instagram
– Participe também do evento oficial da Parada no Facebook: Parada do Orgulho LGBT de SP 2018

Publicado por: Fabrício Viana
Fabrício Viana é jornalista (MTB 80753/SP), gay, escritor premiado e responsável pela assessoria e comunicação da APOGLBT SP, ONG que realiza a maior Parada LGBT do mundo. Mais sobre Viana, aqui