Copan poderá ter a bandeira LGBT+ por meio de financiamento coletivo

Projeto “A Bandeira” visa iluminar o ícone da cidade de São Paulo

Durante os dias 19 a 29 de junho, um dos maiores condomínios residenciais da América Latina, o Edíficio Copan, em São Paulo, abraça a causa LGBT+ autorizando projeto que visa iluminar toda a extensão da sua fachada com as cores da bandeira da diversidade.

Idealizado pelo arquiteto Matheus Vaz, que em 2018 executou o projeto em Goiânia, agora em São Paulo com apoio da administração do Copan o projeto pretende marcar a celebração dos 50 anos da Revolta de Stonewall, que foi um dos mais importantes eventos na luta por direitos civis LGBT+ e deu início as Paradas do Orgulho LGBT como as conhecemos por todo o planeta.

O centro de São Paulo e o Copan foram escolhidos para hastear essa bandeira, a região central é usufruída diariamente por mais de 2 milhões de pessoas vindas de todos os pontos da cidade e não por acaso, que se tornou palco para uma das mais relevantes Paradas LGBT do mundo, que recebe milhões de pessoas e, que neste ano chega em sua 23ª edição.

Já o edifício, projetado por Oscar Niemeyer, é símbolo da arquitetura modernista e abriga milhares de moradores, distribuídos em 1.160 apartamentos de 25 a 220m2. A ampla oferta de diferentes unidades habitacionais aliada à proporção da edificação não poderia refletir melhor a causa essencial do projeto: a diversidade de vidas que moram nele tornando-o um prédio marcado pela pluralidade.

Colorir este gigante cinza será tarefa para 4.232 lâmpadas, distribuídas em pontos estratégicos da fachada, que terá toda a estrutura de brises soleil iluminada mantendo as fontes luminosas invisíveis aos olhos do pedestre. A tela de obra que no dia-a-dia ofusca a edificação, será um importante instrumento para transformar o edifício em iluminada bandeira colorida, que poderá ser vista à distância.

A ser viabilizado através de financiamento coletivo, a intervenção arquitetônica é um grande ato de resistência e vulnerabilidade, que convida a todos em sua volta a levantarem seus olhos para a luta por respeito e direitos da comunidade LGBT+ no Brasil e no mundo.

Serviço:

A Bandeira no Copan
19 a 29 de Junho de 2019
Edificio Copan
Avenida Ipiranga, 200 – República
Instagram: @abandeira.copan

Financiamento coletivo: www.catarse.me/abandeira

 


>> Aproveitando sua visita:

– Ajude a ONG APOGLBT SP, Associe-se!
– Curta as redes sociais da Parada LGBT de SP: Facebook / Twitter / Instagram
– Participe também do evento oficial da Parada no Facebook: Parada do Orgulho LGBT de SP 2018

Publicado por: Fabrício Viana
Fabrício Viana é jornalista (MTB 80753/SP), gay, life coach, escritor premiado e responsável pela assessoria e comunicação da APOGLBT SP, ONG que realiza a maior Parada LGBT do mundo. Mais sobre Viana? Clique aqui.