Criatividade: Idosos LGBTs criam e revivem áudio novelas dos anos 40!

Em isolamento social por conta da pandemia da Covid-19 os idosos da ONG EternamenteSOU se reuniram para criar a áudio novela “Aquarius”.

Nos últimos meses a pandemia do Covid19 mudou a realidade de milhares de idosos, que dentre tantas medidas a serem tomadas para evitar o contágio, está o principal: o isolamento social. A Organização Mundial da Saúde – OMS, recomenda fortemente esta medida para impedir o avanço da pandemia e coloca como um dos principais grupos de risco as pessoas idosas.

Neste sentido, a áudio novela AQUARIUS tem a captação de áudios (falas das personagens) realizada pelos aparelhos celulares dos próprios integrantes do elenco, em suas residências, e editada pela coordenação do projeto, entremeando as falas com efeitos sonoros, como se fazia antigamente na linguagem das radio novelas.

Desde junho de 2020, a áudio novela está sendo gravada pelo grupo de idosos associados da ONG Eternamente SOU e está trazendo uma atividade cultural e artística das mais importantes: o fazer teatral..

Nos anos 1930 era comum se ouvir no rádio grandes textos teatrais. No entanto, o grande marco do rádio deu-se no início dos anos 1940, quando estrearam as radionovelas no Rio e em São Paulo. O gênero logo caiu no gosto do público e foi sucesso de audiência por duas décadas.

O rádio foi o maior companheiro de todos os brasileiros até a chegada da televisão, internet e a popularização do cinema. Era o grande veículo de comunicação que levava às casas das pessoas músicas, notícias e entretenimento.

Inspirado no formato das radio novelas, o projeto será apresentado publicamente no formato “Áudio novela” posto que pretende expandir seu conteúdo para outras plataformas digitais, tais como Youtube e Spotify.

Estamos no ano de 2030. O residencial para idoses chamado Aquarius passa por um momento de transformação, com a entrada de um novo gestor. Novas regras de convivência são impostas aos idoses. Mas nem todes as aceitam. O uso obrigatório de uniforme é o estopim de uma guerra que se inicia.” – nos conta Celso Rabetti sobre o enredo da trama.

Roteirizada por Celso Rabetti e Mariza Pinto, “Aquarius” terá 10 episódios de 8 minutos cada, se passa dentro do Residencial Aquarius – ILPI (Instituição de Longa Permanência para Idosos), gerida por uma ONG. O Elenco que é composto por 19 integrantes da ONG EternamenteSOU, Idosos LGBT com mais de 50 anos, que estão animados para a estreia que será dia 04 de novembro em uma noite de autógrafos aberta ao público de forma online. Saiba mais informações clicando aqui (www.eternamentesou.org)

Serviço: Estreia Áudio Novela Aquarius

Data de estreia  4 de novembro de 2020
Horário 19h30 Local: Google Meet – meet.google.com/gwt-qvdm-zbg
Evento Gratuito – facebook.com/events/1020029205090485

FICHA TÉCNICA

Roteiristas: Celso Rabetti e Mariza Pinto | Direção artística: Celso Rabetti | Produção e edição: Math Konh Elenco: Arlete Lisboa, Bertholeza Vidal, Celso Rabetti, Cláudio Nascimento, Chris Mendes, Dayvison Antônio da Silva, Dora Cudignola, Edi Matos, Juarez Anandi, Kaio Márcio, Kerua, Luis Baron, Marcelo Gesualdo de Paula, Mônica Pita, Ricardo Alves da Silva, Rogério Pedro, Sylvi Argone, Sueli de Sousa, Valéria Takahashi.


>> Aproveitando sua visita:

– Ajude a ONG APOGLBT SP, Associe-se!
– Nosso evento no Facebook para 2020 foi criado: ParadaSP 2020
– Curta as redes sociais da Parada LGBT de SP: Facebook / Twitter / Instagram

Publicado por: Fabrício Viana
Fabrício Viana é o jornalista (MTB 80753/SP) responsável pela assessoria de imprensa e comunicação da APOGLBT SP, ONG que realiza a maior Parada LGBT do mundo. Para a página de Imprensa, aqui. Contato com a Diretoria da ONG, aqui. Seja um Associado/a, aqui