Documentário busca mulheres trans de SP que tenha se sentido sozinha na pandemia

A oportunidade foi divulgada pelo Transempregos:

Meu nome é Thais e estou fazendo o casting para uma série documental de 4 episódios sobre Mulheres na Pandemia.

Um dos episódios vai falar sobre a solidão das mulheres na pandemia, e pensamos em conversar com uma mulher trans que tenha se sentido sozinha durante esse período da quarentena, que nos privou de eventos sociais, trabalho fora de casa, etc.

Projeto: Curta documental sobre mulheres na pandemia;
Perfil: Mulher, trans, moradora de São Paulo, que tenha se sentido sozinha na pandemia e se sinta à vontade para falar sobre seus sentimentos durante esse período;
Gravação: uma segunda-feira de fevereiro, de manhã, das 9h às 13h, em um estúdio de São Paulo. Equipe 100% formada por mulheres;
Cachê: R$2.000,00, com emissão de nota fiscal;

Interessadas, entrar em contato por WhatsApp: Thais (11 9 8269-9279).
Prazo para entrar em contato: 08/02/2021

Divulguem para as amigas!

Para outras oportunidades de trabalho, visite https://www.transempregos.org/


>> Aproveitando sua visita:

– Ajude a ONG APOGLBT SP Associe-se!

Publicado por: Fabrício Viana
Fabrício Viana é o jornalista (MTB 80753/SP), escritor LGBT premiado e responsável pela assessoria de imprensa e comunicação da APOLGBT SP, ONG que realiza a maior Parada LGBT do mundo. Para a página de Imprensa, aqui. Contato com a Diretoria da ONG, aqui. Seja um Associado/a, aqui