Doria manda recolher material sobre ideologia de gênero das escolas

João Doria (PSDB), governador do Estado de São Paulo, mandou recolher apostila das escolas estaduais que citam um pequeno trecho que comenta sobre ideologia de gênero nesta terça (03/09).

“Fomos alertados de um erro inaceitável no material escolar dos alunos do 8º ano da rede estadual. Solicitarei ao Secretário de Educação o imediato recolhimento do material e apuração dos responsáveis. Não concordamos e nem aceitamos apologia à ideologia de gênero”, disse Doria no Twitter.

Entretanto, o material não faz apologias à ideologia de gênero. Ele apenas explica sobre sexo biológico, identidade de gênero e orientação sexual. Temas pedagógicos e que fazem parte do dia a dia da sociedade.

Foto/Reprodução

Em nota, a Secretaria da Educação afirma que o material tem “conteúdo impróprio para a respectiva idade e série e em desarranjo com as diretrizes desta gestão”.

Tudo isso porque as expressões “identidade de gênero” e “orientação sexual” chegaram a ser incluídas na base curricular mas foram retiradas posteriormente delas pelo governo Michel Temer (PMDB).

A manifestação de Doria aconteceu 28 minutos após Jair Bolsonaro publicar, também em sua rede social, sobre ele determinar o Ministério da Educação a redigir um projeto de lei para proibir a abordagem de questões de gênero nas escolas de ensino fundamental.

Em nota oficial, o Ministério Público de São Paulo (MP-SP) instaurou nesta quarta (05/09) um inquérito civil para apurar o recolhimento e a inutilização da apostila como uma “possível violação do direto à educação”, já que o material tem apenas uma pequena citação sobre ideologia de gênero: a apostila não fala só sobre isso, ela tem matemática e outras matérias que são importantíssimas aos alunos.


>> Aproveitando sua visita:

– Ajude a ONG APOGLBT SP, Associe-se!
– Curta as redes sociais da Parada LGBT de SP: Facebook / Twitter / Instagram
– Participe também do evento oficial da Parada no Facebook: Parada do Orgulho LGBT de SP 2018

Publicado por: Fabrício Viana
Fabrício Viana é jornalista (MTB 80753/SP), gay, life coach, escritor premiado e responsável pela assessoria e comunicação da APOGLBT SP, ONG que realiza a maior Parada LGBT do mundo. Mais sobre Viana? Clique aqui.