Em cinco anos, o número de casais homoafetivos morando juntos cresceu 170%

Segundo um levantamento feito pela FGV Social, o Brasil teve um crescimento de 170% no número de casais homoafetivos em cinco anos. Até o momento, são cerca de 304 mil pessoas.

O levantamento informa ainda que, embora o número de casais gays e casais lésbicas sejam parecidos, o crescimento dos casais masculinos foi bem maior: 226 em cinco anos.

Já um levantamento do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), com aproximadamente 35 milhões de entrevistas coletadas em seis anos, a renda média de indivíduos que formam casais homoafetivos é 65% maior do que a de casais homossexuais.

Essa diferença da renda mensal se dá, principalmente, graças a média de filhos que casais heterossexuais possuem: média de três vezes mais filhos morando com eles.

Segundo o economista Marcelo Nery, essa diferença, potencializa o chamado “consumo gay”.


>> Aproveitando sua visita:

– Ajude a ONG APOGLBT SP, Associe-se!
– Nosso evento no Facebook para 2020 foi criado: ParadaSP 2020
– Curta as redes sociais da Parada LGBT de SP: Facebook / Twitter / Instagram

Publicado por: Fabrício Viana
Fabrício Viana é o jornalista (MTB 80753/SP) responsável pela assessoria e comunicação da APOGLBT SP, ONG que realiza a maior Parada LGBT do mundo. Para a página de Imprensa, aqui. Contato com a ONG, aqui