Espetáculo sobre corpos convivendo com HIV em cartaz em SP

Vencedor do “7º edital da Mostra de Dramaturgia em Pequenos Formatos Cênicos” do Centro Cultural São Paulo, o espetáculo “A Doença do Outro”, de Ronaldo Serruya, volta aos palcos para mais uma temporada presencial.

Com direção de Fabiano Dadado de Freitas e atuação do próprio autor, o solo traz à cena um diálogo sobre os corpos convivendo com HIV, suas estigmatizações e as conquistas sociais.

Em A DOENÇA DO OUTRO, Ronaldo Serruya propõe o formato de uma palestra-performance, mas de uma forma mais interativa, onde o público não fique apenas recebendo toda a informação. O espetáculo que, ao mesmo tempo toma o rigor teórico e documental do formato palestra, joga com a teatralidade através do videografismo, permeando toda a encenação com projeções em vários locais, inclusive no figurino.

Ronaldo Serruya recebeu o diagnóstico positivo para HIV em 2014. Depois de um período de elaboração e relacionamento com a revelação, encontrou nos discursos artísticos uma maneira de debater, criticar e confrontar toda a construção dos estigmas em torno da doença.

Serviço

“A Doença do Outro”, de Ronaldo Serruya
Quando: de 5 a 21 de março – sábado, domingo e segunda-feira -, às 20h30;
Onde: Teatro de Contêiner Mungunzá – Rua dos Gusmões, 43 – Santa Ifigênia (estação de metrô Luz);
Ingressos: R$40,00 (inteira) e R$20,00 (meia-entrada), na bilheteria no Teatro ou antecipadas pelo site ciamuzunga.com.br.


>> Aproveitando sua visita:
– Ajude a ONG APOGLBT SP Associe-se!

Publicado por: Fabrício Viana
Fabrício Viana é o jornalista (MTB 80753/SP), escritor LGBT premiado e responsável pela assessoria de imprensa e comunicação da APOLGBT SP, ONG que realiza a maior Parada LGBT do mundo. Contato com a Diretoria da ONG, aqui.