Evandro Santos, que já disse não acreditar em homofobia, sofre homofobia

Conhecido pelo personagem Christian Pior, o ator e humorista Evandro Santos disse em seu Instagram que sofreu homofobia em seu show na última sexta-feira (18) na Cachaçaria Água Doce, em Marília, Interior de São Paulo.

Segundo Evandro, o show que ele apresentou era interativo (com participação da platéia). Durante a esquete “Tinder Humano”, ele chamou o jovem (que o agrediu, identificado apenas como Pedro) e uma jovem, ambos solteiros. Após a apresentação e brincadeira com os dois, Evandro deu um selinho na boca de cada um, tanto na jovem quanto no Pedro.

O show continuou normalmente. Depois, Evandro foi ao banheiro e iria até a platéia para conversar e tirar fotos com as pessoas. Porém, ainda dentro do banheiro, ao sair de lá, ele só escutou “O Pedro está vindo aí”. Em seguida, ele se recorda apenas do Pedro ter entrado no banheiro e de ter levado um soco dele bem forte.

Em sua conta do Instagram, Evandro, que disse no passado (no programa da rádio Jovem Pan) que não acreditava em homofobia (veja o vídeo aqui), falou que vai denunciar e processar o agressor – justamente – por homofobia.

Porém, é a história que sempre se repete: muita gente só acredita que a homofobia ou a LGBTfobia existe, e começa a lutar contra ela, quando é vítima da mesma. O que é, de certa forma, errado. Afinal, não precisa sofrer LGBTfobia (e nem mesmo ser LGBT) para lutar pelos direitos LGBTs..


>> Aproveitando sua visita:

– Ajude a ONG APOGLBT SP, Associe-se!
– Nosso evento no Facebook para 2020 foi criado: ParadaSP 2020
– Curta as redes sociais da Parada LGBT de SP: Facebook / Twitter / Instagram

Publicado por: Fabrício Viana
Fabrício Viana é o jornalista (MTB 80753/SP) responsável pela assessoria de imprensa e comunicação da APOGLBT SP, ONG que realiza a maior Parada LGBT do mundo. Para a página de Imprensa, aqui. Contato com a Diretoria da ONG, aqui. Seja um Associado/a, aqui