#FOTOS: V Caminhada Trans que aconteceu neste sábado, em São Paulo

Neste sábado 25/01, feriado na capital (a cidade completou 466 anos), aconteceu a V Caminhada Trans organizada pelo Projeto SEFORA´s, APOGLBT/SP, Fórum da Diversidade de Jandira, Igreja da Comunidade Metropolitana de SP, Centro de Referência da Diversidade e apoio da Prefeitura de São Paulo. O carro de som foi cedido gentilmente pelo Sindicato dos Comerciários de SP.

Com o tema “Liberta meu corpo”, a concentração aconteceu em frente ao MASP, na Av. Paulista, às 12h. O trajeto foi feito pela Av. Paulista, Rua Augusta, Viaduto Jacaraí e Câmara Municipal de São Paulo.

Embora tenha sido uma caminhada tranquila desde o início, o carro de som foi parado pela Polícia Militar logo na Rua Augusta, pouco depois de sair do Masp em direção à Câmara Municipal. Mesmo tendo apoio da Prefeitura de São Paulo. Assista ao vídeo feito abaixo pelo Jornalistas Livres. As fotos logo em seguida são do Renato Viterbo (vice-presidente da APOGLBT/SP) e da Adriana Silva (diretora adjunta da APOGBLT/SP)

Lembrando que o Brasil ainda lidera o ranking do país que mais mata pessoas trans no mundo. De Outubro de 2018 até Setembro de 2019, foram 163 assassinatos. O Brasil teve mais do que o dobro das mortes registradas pelo México, país que ocupa o segundo lugar do Ranking. Os dados são da ONG Transgender Europe.

Vídeo do Jornalistas Livres:

Fotos do Renato e da Adriana (APOGLBT/SP):

Mais fotos?

Foram publicadas nos perfis da Jacque Chanel, ICM São Paulo e Centro de Referência e Defesa da Diversidade.

Alguém publicou mais fotos? Comenta e insere o link..


>> Aproveitando sua visita:

– Ajude a ONG APOGLBT SP, Associe-se!
– Nosso evento no Facebook para 2020 foi criado: ParadaSP 2020
– Curta as redes sociais da Parada LGBT de SP: Facebook / Twitter / Instagram

Publicado por: Fabrício Viana
Fabrício Viana é o jornalista (MTB 80753/SP) responsável pela assessoria de imprensa e comunicação da APOGLBT SP, ONG que realiza a maior Parada LGBT do mundo. Para a página de Imprensa, aqui. Contato com a Diretoria da ONG, aqui. Seja um Associado/a, aqui