Fundação PaisAfetivos ajuda pessoas expulsas de casa pelos pais ou responsáveis

Com diversas formas de contribuição, a organização não governamental conecta pessoas da diversidade à pessoas dispostas ao acolhimento ou à adoção afetiva

A fundação PaisAfetivos, criada em fevereiro de 2019 pelo produtor Raphael América, tem atuação direcionada de São Paulo para os demais estados do Brasil e trabalha com uma rede de apoio online formada por voluntários que fornecem atendimento psicossocial às pessoas que buscam ajuda após serem expulsas de casa e que não se sentem amadas por seus pais ou responsáveis.

A ideia da criação da PaisAfetivos surgiu da experiência particular do diretor da ONG, que não se sentia amado pela família, e por sua preocupação com pessoas que se encaixam no perfil da diversidade e passam por situações de vulnerabilidade — como problemas psicológicos, agressões, desamparo, entre outros —  devido à orientação sexual, identidade de gênero ou simplesmente por serem que são, sem ter qualquer tipo de auxílio.

O trabalho da fundação é online e se inicia com uma triagem para compreender a situação e constatar a veracidade das informações sobre o possível abandono e convívio familiar. A próxima etapa é o encaminhamento ao atendimento com psicólogos, assistentes sociais e advogados voluntários, e posteriormente é feito o direcionamento a acolhedores, organizações e pais afetivos com supervisionamento jurídico.

A rede PaisAfetivos é voluntária e aceita diversas formas de contribuição como: divulgação por redes sociais; auxílio imediato para ir de encontro a vítimas de expulsão que estão nas proximidades; hospedagem provisória para as vítimas; acolhimento adotivo (vincular afetivamente na família); doações em dinheiro.

Com a missão de colocar-se no lugar do outro e alimentá-lo com afeto, o principal objetivo da fundação é a construção de uma sede em São Paulo e uma subsede por estado no país.

Atualmente a fundação acompanha o processo de 40 pessoas e teve o atendimento online pausado por falta de recursos tecnológicos. Por isso, a PaisAfetivos conta com a contribuição financeira através de arrecadações online para dar continuidade e ampliação nos serviços oferecidos.

Para acessar diversos links do projeto, visite https://www.cartaovip.com/OurLinks


>> Aproveitando sua visita:

– Ajude a ONG APOGLBT SP, Associe-se!
– Curta as redes sociais da Parada LGBT de SP: Facebook / Twitter / Instagram
– Participe também do evento oficial da Parada no Facebook: Parada do Orgulho LGBT de SP 2018

Publicado por: Fabrício Viana
Fabrício Viana é jornalista (MTB 80753/SP), gay, coach, escritor premiado e responsável pela assessoria e comunicação da APOGLBT SP, ONG que realiza a maior Parada LGBT do mundo. Conheça Viana aqui fabricioviana.com