IBGE: Casamento homoafetivo cresce 5 vezes mais que entre homem e mulher.

Segundo dados das Estatísticas do Registro Civil 2015, divulgadas na quinta-feira (24) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o crescimento de casamentos homoafetivos no ano de 2015 foi 5 vezes maior que o crescimento dos casamentos realizados entre homens e mulheres.

O crescimento das uniões entre pessoas do mesmo sexo foi de 15,7% e o de pessoas de sexo diferentes foi de 2,7% com relação ao ano anterior.

Em 2013, o CNJ (Conselho Nacional de Justiça) aprovou a Resolução 175 que determina que todos os cartórios celebrem o casamento civil ou conversão da união estável em casamento homoafetivo.

Segundo o IBGE, o incentivo à oficialização das uniões por meio de casamentos coletivos decorrentes de parcerias entre prefeituras, cartórios e igrejas, contribuiu, em grande medida, para o crescimento do número de casamentos oficiais em alguns estados brasileiros. Entre os que tiveram esse aumento, o Acre (40,0%) foi o mais expressivo. Apenas sete estados apresentaram diminuição nos números de registros, sendo as principais reduções na Paraíba (-7,7%) e no Sergipe (-6,3%).

O casamento civil entre pessoas do mesmo sexo mostrou que a maior proporção também se dá entre solteiros, com 86,7% entre os homens e 77,7% entre mulheres. Os diferenciais entre os sexos masculinos e femininos se deu, em maior medida, nas proporções de casamentos entre solteiros e divorciados, que foi mais expressivo entre casamentos femininos, com 19,4% dos registros, em relação aos homens, cujo percentual foi de 10,9%;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 2 =

Pin It on Pinterest