Jogador Mauricio Souza posta vídeo de desculpas por homofobia mas não convence

Hoje, 27/10, o jogador de vôlei do Minas Tênis Club Maurício Souza, após postar em seu instagram mensagem com conteúdo homofóbico, sofrer retaliações de patrocinadores, time e público, posta vídeo com pedido de “desculpas” mas que, infelizmente, dá a entender que mantem a mesma posição contrária a homossexualidade.

No vídeo, com aproximadamente 3 minutos, ele fala em homossexuais, lésbicas e gêneros diferentes, enfatizando que infelizmente hoje em dia não pode dar opiniões contrárias, não pode falar nos valores de família que acredita e que não concorda com isso.

E, pra ajudar, ele ainda zomba sobre o crime de homofobia “Se isso fosse crime eu já estaria preso!”. Assista:

Pois é, tem gente que não entende mesmo.

Ou precisa de uma assessoria – alguém que mostre a ele os erros, especialmente sobre a nossa diversidade LGBT


>> Aproveitando sua visita:

– Ajude a ONG APOGLBT SP Associe-se!

Publicado por: Fabrício Viana
Fabrício Viana é o jornalista (MTB 80753/SP), escritor LGBT premiado e responsável pela assessoria de imprensa e comunicação da APOLGBT SP, ONG que realiza a maior Parada LGBT do mundo. Para a página de Imprensa, aqui. Contato com a Diretoria da ONG, aqui. Seja um Associado/a, aqui