Jornalista Nico Hines tira vários atletas do armário e é criticado no mundo inteiro.




Também nosso Twtiter e Facebook

Nico Hines
Nico Hines – Foto Reprodução/Twitter

Nico Hines conseguiu “enfiar o pé na jaca”. Editor britânico do “The Daily Beast”, ele gerou um desconforto mundial ao “arrancar do armário” atletas das Olimpíadas Rio 2016. O que ele fez? Bom, como ele se diz heterossexual, criou um perfil em alguns aplicativos de encontros gays (como Grindr, Hornet, etc) e mapeou a Vila Olímpica, no Rio, para ver quais pessoas apareciam por lá.

Com o título “Consegui três encontros no Grindr em uma hora na Vila Olímpica”, Nico Hines disse no artigo o quanto era fácil não só encontrar homossexuais mas também marcar encontros reais de sexo. Segundo ele, “Um viveiro de atletas em festa, pegação, e sexo, sexo, sexo”, diz o jornalista.

E não parou por aí. Além de tudo, ele mencionou no artigo um atleta da Ásia Central, um país onde a homossexualidade é extremamente criminalizada fazendo com que LGBTs vivam em situação de risco extremo. Esse tipo de matéria e exposição vem gerando questionamentos por todo o planeta sobre a ética do jornalismo.

Amini Fonua, nadador que esta no Rio, publicou em seu Twitter um texto criticando Nico Hines. “Algumas dessas pessoas que você tirou do armário são meus amigos. Com família e vidas que serão afetadas para sempre”, disse Amini que é gay assumido.

Pedido de desculpas

O artigo, após inúmeras denúncias, foi retirado às pressas do site. No lugar, colocaram um texto pedindo desculpas:

“O artigo não teve a intenção de prejudicar ou degradar membros da comunidade LGBT, mas intenções não importam, os impactos, sim. Nossa esperança é que, ao remover o artigo que está em conflito com nossos valores bem como com aos quais aspiramos como jornalistas demonstre quão seriamente levamos nosso erro”

E você, o que pensa a respeito? Como pessoas, formadas, que trabalham em grandes veículos de comunicação conseguem pisar na bola deste jeito? Desrespeitando o outro? Sua orientação sexual? Até quando?


>> Aproveitando sua visita:

– Ajude a ONG APOGLBT SP, Associe-se!
– Curta as redes sociais da Parada LGBT de SP: Facebook / Twitter / Instagram
– Participe também do evento oficial da Parada no Facebook: Parada do Orgulho LGBT de SP 2018

Publicado por: Fabrício Viana
Fabrício Viana é jornalista (MTB 80753/SP), gay, escritor premiado e responsável pela assessoria e comunicação da APOGLBT SP, ONG responsável pela maior Parada LGBT do mundo. Mais informações sobre Viana, aqui.


2 comentários sobre “Jornalista Nico Hines tira vários atletas do armário e é criticado no mundo inteiro.”

  1. Pois é um idiota que não cuida da vida, perde tempo querendo ridicularizar as pessoas, e com certeza mostra que na verdade é um ser inferior que a faculdade que fez não o evoluiu nem um pouco, que o pouco tempo precioso de vida que temos o idiota perde querendo mostrar a vida dos outros do que viver a sua, ao invez de ser feliz achar a mulher da vida dele e montar uma familia dando carinho o Boboca desperdiça querendo ridicularizar os outros. Imbecil !
    o nome do Idiota é : O jornalista britânico Nico Hines

  2. Pois é um idiota que não cuida da vida, perde tempo querendo ridicularizar as pessoas, e com certeza mostra que na verdade é um ser inferior que a faculdade que fez não o evoluiu nem um pouco, que o pouco tempo precioso de vida que temos o idiota perde querendo mostrar a vida dos outros do que viver a sua, ao invez de ser feliz achar a mulher da vida dele e montar uma familia dando carinho o Boboca desperdiça querendo ridicularizar os outros. Imbecil !
    E o Jornal tem que triar antes as coisas antes, o impacto pode parecer legal a princípio, mas mostra uma degradação humana posteriormente, e falta de qualidade de uma empresa
    o nome do Idiota é : O jornalista britânico Nico Hines

Deixe uma resposta

12 − 1 =