Mãe e filha são agredidas em shopping ao serem confundidas com casal de lésbicas

Mais uma vez a LGBTfobia atinge pessoas que não são LGBTs. O caso aconteceu na noite de quinta, 28, no shopping Liberty Mall localizado na Asa Norte de Brasília.

Solange Afonso, de 47 anos e sua filha, de 20 anos, foram vitimas de injúria e agressões físicas ao saírem do cinema localizado neste shopping. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal, um homem, de 55 anos, foi encaminhado pela Polícia Militar para a delegacia. Ele foi autuado por lesão corporal e injúria.

Segundo Solange, em vídeo que ela gravou e publicou em sua rede social, ao sairem do cinema, as duas foram abordadas pelo homem que começou a agredí-las verbalmente.

Ontem eu fui a um cinema, às 20h18 era a sessão, eu fui com a minha filha de 20 anos. Na saída do filme apareceu um louco que achou que a gente era um casal e simplesmente começou a agredir nós duas. Começou com agressão verbal: chamou a gente de cretinas e safadas porque ele achou que éramos um casal gay“, disse Solange no vídeo.

Solange foi agredida no rosto e acionou os seguranças para que não deixassem o homem ir embora.

Eu reagi e xinguei também. Chamei os seguranças e pedi para deterem ele que nós iríamos para a delegacia. Na confusão, ele bateu, não sei se foi um relógio, alguma coisa no meu rosto. Eu gravei esse vídeo não foi nem para falar sobre a agressão. Gravei esse vídeo para dizer que isso tem que acabar. Eu não sou gay, mas me botei no lugar de todas as pessoas que eu conheço e que só querem ser feliz e viver a vida delas“, contou também.

De acordo com a secretaria, o homem assinou um termo de Compromisso de Comparecimento do Juizado Especial Criminal e foi liberado.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × um =

Pin It on Pinterest