Militantes LGBTs pedem a revogação imediata da liminar da “Cura Gay” em São Paulo

Nesta sexta-feira (22), as 17h, ONGs, coletivos e militantes LGBTs se encontrarão no vão livre do MASP (Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand) em Ato pedindo a revogação imediata da liminar da “Cura Gay” proferida pelo juiz Waldemar Cláudio de Carvalho (DF).

A liminar, conforme noticiado em nosso portal, autoriza psicólogos a promoverem terapia de reversão sexual, algo até então proibido pelo Conselho Federal de Psicologia.

Em São Paulo, diversos grupos como o Mães Pela Diversidade, a Associação da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, Ação Popular, Movimento Revolucionário de Trabalhadores, Esquerda Diário, Casa 1, entre outros, confirmaram presença neste Ato.

Proposta de Trajeto do Ato: Concentração as 17h. Saída as 18h, passando pela Justiça Federal na Avenida Paulista, onde será feito um jogral em repúdio a liminar, seguindo pela Consolação até o Largo do Arouche, onde terão falas de encerramento.

Para mais detalhes sobre o trajeto, e grupos de militantes participantes, visite o evento oficial no Facebook:

https://www.facebook.com/events/1803958696284255

 


>> Aproveitando sua visita:

– Ajude a ONG APOGLBT SP, Associe-se!
– Nosso evento no Facebook para 2020 foi criado: ParadaSP 2020
– Curta as redes sociais da Parada LGBT de SP: Facebook / Twitter / Instagram

Publicado por: Fabrício Viana
Fabrício Viana é o jornalista (MTB 80753/SP) responsável pela assessoria de imprensa e comunicação da APOGLBT SP, ONG que realiza a maior Parada LGBT do mundo. Para a página de Imprensa, aqui. Contato com a Diretoria da ONG, aqui. Seja um Associado/a, aqui