Nota de Repúdio ao prof. da USP Eduardo Lobo Botelho Gualazzi por chamar LGBTs de aberrações

A APOGLBT SP, Associação da Parada do Orgulho de Gays, Lésbicas, Bissexuais e Transgêneros de São Paulo (ONG responsável pela maior Parada LGBT do mundo!), vem a público manifestar seu repúdio ao professor da USP, o senhor Eduardo Lobo Botelho Gualazzi, por chamar LGBTs de aberrações.

Conforme matérias no site da Veja e Exame, Eduardo Lobo Botelho Gualazzi, associado à Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), distribuiu material impresso (timbrado pela USP) onde defendia a ditadura militar brasileira, criticava LGBTs, a miscigenação de raças e a população pobre.

Esse tipo de atitude é inadmissível, mais ainda para um professor de uma das universidades mais importantes deste Brasil.

Toda a diretoria da APOGLBT SP manifesta seu repúdio e espera que a USP tome as devidas providências.

Material completo distribuido pelo professor aqui:

Plano de aula do professor … by on Scribd

Atenciosamente,

Diretoria da APOGLBT SP
www.paradasp.org.br

 


>> Aproveitando sua visita:

– Ajude a ONG APOGLBT SP, Associe-se!
– Nosso evento no Facebook para 2020 foi criado: ParadaSP 2020
– Curta as redes sociais da Parada LGBT de SP: Facebook / Twitter / Instagram

Publicado por: Fabrício Viana
Fabrício Viana é o jornalista (MTB 80753/SP) responsável pela assessoria e comunicação da APOGLBT SP, ONG que realiza a maior Parada LGBT do mundo. Para a página de Imprensa, aqui. Contato com a ONG, aqui