Pessoas com HIV+ poderão tomar a 3ª dose da vacina contra Covid-19 no Brasil

Segundo nota do Ministério da Saúde divulgada nesta quarta (25), a terceira dose da vacina contra Covid-19 terá como foco imunossuprimidos (grupo onde estão os soropositivos, pessoas com medula óssea transplantadas ou em tratamento quimioterápico ou radioterápico, por exemplo) e idosos acima de 70 anos.

Para receber a dose extra é preciso ter tomado a segunda dose (ou dose única) há pelo menos 28 dias. E para esta dose extra o Ministério da Saúde dará prioridade para a aplicação da Pfizer (na falta dela, poderão ser da Janssen ou AstraZeneca).

Essa dose extra deve ser decidida preferencialmente junto com o médico especialista e liberada já a partir da segunda quinzena de setembro. A decisão foi definida após reunião entre o Ministério da Saúde, representantes do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) e Secretários de Saúde (Conass).

Se você faz parte de um destes grupos, procure mais informações onde você faz tratamento.

Vacina, sim! 😉


>> Aproveitando sua visita:

– Ajude a ONG APOGLBT SP Associe-se!

Publicado por: Fabrício Viana
Fabrício Viana é o jornalista (MTB 80753/SP), escritor LGBT premiado e responsável pela assessoria de imprensa e comunicação da APOLGBT SP, ONG que realiza a maior Parada LGBT do mundo. Para a página de Imprensa, aqui. Contato com a Diretoria da ONG, aqui. Seja um Associado/a, aqui