Polícia busca identificar homens que espancaram travestis em DF

O crime, que aconteceu em Taguatinga Sul (região administrativa do Distrito Federal Brasileiro), em uma data ainda não identificada, teve sua busca iniciada pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) na semana passada (21/08) após um vídeo circular nas redes sociais.

Segundo Ângela Maria dos Santos, chefe da Delegacia Especial de Repressão aos Crimes por Discriminação Racial, Religiosa, por Orientação Sexual ou Contra a Pessoa Idosa ou com Deficiência (Decrin), as vítimas não prestaram queixa mas a unidade apura o caso mesmo assim.

“Apesar de não termos ninguém identificado, nós estamos empenhados em elucidar o caso”, disse Ângela ao jornal Correio Brasiliense.

Nas imagens, dois homens após uma discussão espancam a pauladas duas travestis. Depois fugiram em um automóvel deixando as duas desmaiadas.

Para que o caso seja esclarecido, Ângela pede que pessoas com informações entrem em contato de forma anônima pelo número 197 ou procure diretamente o Decrin..


>> Aproveitando sua visita:

– Ajude a ONG APOGLBT SP, Associe-se!
– Nosso evento no Facebook para 2020 foi criado: ParadaSP 2020
– Curta as redes sociais da Parada LGBT de SP: Facebook / Twitter / Instagram

Publicado por: Fabrício Viana
Fabrício Viana é o jornalista (MTB 80753/SP) responsável pela assessoria de imprensa e comunicação da APOGLBT SP, ONG que realiza a maior Parada LGBT do mundo. Para a página de Imprensa, aqui. Contato com a Diretoria da ONG, aqui. Seja um Associado/a, aqui