Policiais LGBTs e simpatizantes formam rede brasileira de luta contra a LGBTfobia




Também nosso Twtiter e Facebook

Depois do caso do policial que foi gravado beijando outro homem dentro do metrô em São Paulo, e que sofreu por isso, algo de bom apareceu também nas redes sociais: A Rede Nacional de Operadores de Segurança Pública LGBTI+ (RENTOSP – LGBT).

A rede é composta por policiais, vigilantes, bombeiros, agentes penitenciários ou outros profissionais que atuam na área de segurança pública e que assumem sua homossexualidade ou são simpatizantes pela causa LGBT.

No Instagram do grupo já tem mais de 60 publicações e 13 mil seguidores.

São depoimentos empoderados que combatem qualquer forma de LGBTfobia. Afinal, mostrar a cara, ser visível e mostrar que existimos, em todas as esferas sociais, é importantíssimo.

Um dos integrantes, Breno Queiroz, agente penitenciário, disse ao G1 que o grupo foi formado durante um evento no Rio de Janeiro em novembro de 2010.

“O seminário era para fazer algo para a segurança pública da população, mas aproveitamos que alguns de nós éramos homossexuais para nos reunirmos”, disse ele.

O Ministério da Justiça também confirma essa informação, dizendo que o grupo foi formado em 2010 e, depois, foi criado a Cartilha de Atuação Policial na Proteção dos Direitos Humanos de Pessoas em Situação de Vulnerabilidade.

Em outras palavras, existe muita LGBTfobia dentro dessas corporações? Infelizmente, sim. Mas, também, tem muitos policiais, bombeiros e outros profissionais que, mesmo não sendo LGBTs, respeitam LGBTs, colegas ou não de trabalho. O que é um ganho para toda a sociedade.

Confira algumas postagens do Instagram:

Sgt. CBMERJ Julio Cesar @jcd40 #somostodosprior

Uma publicação compartilhada por RENOSP-LGBT (@renosplgbt) em

#Repost @betovianat (@get_repost) ・・・ #somostodosprior

Uma publicação compartilhada por RENOSP-LGBT (@renosplgbt) em

Que a RENOSP-LGBT cresça e conquiste mais adeptos. Afinal, não precisa ser LGBT para ser a favor das causas LGBTs.

Siga o perfil da RENOSP-LGBT no Instagram:
https://www.instagram.com/renosplgbt/


>> Aproveitando sua visita:

– Ajude a ONG APOGLBT SP, Associe-se!
– Curta as redes sociais da Parada LGBT de SP: Facebook / Twitter / Instagram
– Participe também do evento oficial da Parada no Facebook: Parada do Orgulho LGBT de SP 2018

Publicado por: Fabrício Viana
Fabrício Viana é jornalista (MTB 80753/SP), gay, escritor premiado e responsável pela assessoria e comunicação da APOGLBT SP, ONG responsável pela maior Parada LGBT do mundo. Mais informações sobre Viana, aqui.


Deixe uma resposta

dezessete − nove =