Protesto “Dória cadê o #MuseuDaDiversidade na Av. Paulista?”

Dia 29 de agosto, as 14h na Paulista n° 1919, em frente do Palacete Franco de Mello, a comunidade LGBTI+ e ALIADES fazem um ato público para a manutenção do MDS naquele local conforme decisão do governo do estado em 2014.

A Associação da Parada do Orgulho LGBTI+, #movimentoartigoquinto, a Aliança LGBTI+, as Mães pela Diversidade, Organizações e Coletivos em defesa dos direitos humanos convocam a população para um ato público em defesa da permanência do Museu da Diversidade no Palacete Franco de Mello.

Por que um passo para frente e cinco passos para trás? Cadê o Museu da Diversidade no Casarão da Paulista?
“Em 2014, o então governador, Geraldo Alckmin (PSDB), destinou o palacete Franco de Mello, localizado no número 1.919 da avenida Paulista, para ser a nova sede do museu. A ideia é que o endereço acolha a parte administrativa, o acervo permanente e exposições temporárias, mantendo também a sala de exposição do metrô República, que é um lugar de grande circulação e acesso fácil e democrático para os visitantes das diferentes regiões da cidade.” Erika Hilton na Folha de São Paulo

A Av. Paulista, palco da Parada do Orgulho Gay LGBT, é o melhor local para fincar o museu, o primeiro com a temática da diversidade na América Latina, trazendo uma visibilidade positiva para a cidade e incentivando ainda mais a economia e o turismo.

Com o governo de extrema-direita de Bolsonaro o maior alvo de censura dos últimos anos recaiu sobre obras e artistas LGBTI+ e inaugurar o novo espaço do Museu no coração da capital ganha ares de uma resistência necessária e urgente para chegarmos a uma sociedade plural, igualitária, tolerante, progressista e democrática.
Obviamente um Museu de Gastronomia é importante e existem muitos outros locais como o entorno do Mercadão que podem abrigar o Museu e causar um grande impacto positivo em uma região, além de mais legítimos para o novo espaço cultural.

Não podemos aceitar que essa conquista da diversidade desapareça de uma hora para outra.

Serviço

Protesto “Dória cadê o #MuseuDaDiversidade na Av. Paulista?”
29 de Agosto às 14h
Paulista n° 1919, em frente do Palacete Franco de Mello – São Paulo / SP


>> Aproveitando sua visita:

– Ajude a ONG APOGLBT SP Associe-se!

Publicado por: Fabrício Viana
Fabrício Viana é o jornalista (MTB 80753/SP), escritor LGBT premiado e responsável pela assessoria de imprensa e comunicação da APOLGBT SP, ONG que realiza a maior Parada LGBT do mundo. Para a página de Imprensa, aqui. Contato com a Diretoria da ONG, aqui. Seja um Associado/a, aqui