Samsung remove propaganda com drag queen por ser insensível e ofensiva

A Samsung lançou a campanha “Ouça seu Coração”, em Singapura, com o objetivo de promover fones de ouvido e um relógio inteligente. Nesta campanha, uma propaganda chamou a atenção local por mostrar quatro histórias: um homem que sofreu acidente de trânsito, uma mulher com depressão, um pai que larga um vício por causa da filha e uma mãe que apoia seus filho drag queen.

Após a veiculação do material a empresa recebeu muitas críticas da população por ele citar a diversidade sexual. A comunidade muçumana disse que a empresa propagava a “ideologia LGBT” e perturbava a comunidade.

Em nota, a Samsung informa que falhou em ter produzido a propaganda: “Reconhecemos que não estamos à altura nesta matéria, e retiramos o conteúdo das nossas plataformas públicas”.

Vale lembrar que, em Singapura, a homossexualidade masculina ainda é crime e pode ser punida como dois anos de prisão. Já a homossexualidade feminina é legalizada.


>> Aproveitando sua visita:
– Ajude a ONG APOGLBT SP Associe-se!

Publicado por: Fabrício Viana
Fabrício Viana é o jornalista (MTB 80753/SP), escritor LGBT premiado e responsável pela assessoria de imprensa e comunicação da APOLGBT SP, ONG que realiza a maior Parada LGBT do mundo. Contato com a Diretoria da ONG, aqui.