Santander deverá custear Parada LGBT de Porto Alegre por ter cancelado a mostra Queermuseu, em 2017

A exposição LGBT Queermuseu foi suspensa em 2017 pelo Santander Cultural após um mês de abertura por grupos conservadores que acusavam o evento de propagar pedofilia e zoofilia. O Ministério Público Federal do Rio Grande do Sul (MPF-RS), atendendo ao pedido de 18 entidades, teve decisão favorável com multa e ajuda de custo para a Parada Livre de Porto Alegre de 2021, 2022 e 2023.

O banco pagou R$ 400 mil após acordo feito com o MPF e, deste montante, R$ 150 mil irão para a organização do evento que, desde 2007, não recebe recursos públicos para sua realização. Afinal, embora seja evento de militância LGBT, existem diversos custos na sua produção que muita gente desconhece (banheiros químicos, gradeamento, segurança, etc), assim como na Parada LGBT de SP e de todas as outras Paradas, Caminhadas e Marchas LGBT do Brasil (por isso é importante a ajuda pública, afinal, o evento também atrai turistas para a cidade e patrocinadores).

A Parada Livre de Porto Alegre é realizada desde 1997 e é uma das mais antigas do Brasil.

Do dia 14 de Janeiro até o dia 15 de Março estarão abertas inscrições de edital realizado pelo MPF para projetos que receberão mais de R$ 200 mil. Todas as informações poderão ser obtidas pelo site https://www.eusourespeito.com/

Vale lembrar que a exposição Queermuseu, após ser vetada também pelo prefeito do Rio de Janeiro Marcelo Crivella, conseguiu finalmente ser remontada graças a uma das maiores campanhas de financiamento coletivo do país, que captou mais de R$ 1 milhão de quase 1,7 mil pessoas e contou com a venda de obras de arte doadas por 70 artistas, além do show de Caetano Veloso para levantar recursos.

Para entender mais sobre esta notícia, assista ao vídeo abaixo do Sério Viula (do Blog ForaDoArmário) publicado na data de hoje:

Para outras informações sobre a Parada Livre de Porto Alegre, visite:
https://web.facebook.com/paradalivrepoa


>> Aproveitando sua visita:

– Ajude a ONG APOGLBT SP Associe-se!

Publicado por: Fabrício Viana
Fabrício Viana é o jornalista (MTB 80753/SP), escritor LGBT premiado e responsável pela assessoria de imprensa e comunicação da APOLGBT SP, ONG que realiza a maior Parada LGBT do mundo. Para a página de Imprensa, aqui. Contato com a Diretoria da ONG, aqui. Seja um Associado/a, aqui