O grupo Rainbow Cities Network (RCN), que até o momento integrava 29 cidades mundiais que possuem políticas públicas LGBTs, agora tem mais dois municípios em sua lista: São Paulo e a Cidade do México, no México.

Totalizando agora 31 cidades, o grupo RCN busca promover o intercâmbio de experiências, intervenções e iniciativas em políticas LGBTs, facilitando assim o aprendizado nas melhorias sociais para esta comunidade.

A adesão da cidade de São Paulo à RCN não é a primeira atividade internacional LGBT paulista. Em 2014, o Alto Comissariado das Nações Unidas para Direitos Humanos (ACNUDH) lançou no Brasil, em parceria com a SMDHC, a campanha Livres e Iguais, para aumentar a conscientização sobre a violência e a discriminação a população LGBT.

Recentemente, o Programa Transcidadania foi selecionado para se apresentar no Congresso da Associação Internacional de Cidades Educadores (AICE) em Rosário (Argentina), integrando também seu banco online de melhores experiências.

As políticas LGBTs do município já tiveram repercussão internacional por meio de diferentes canais de notícias como o El Pais e o The Guardian.

Vale dizer, também, que a maior Parada do Orgulho LGBT do mundo, é realizada em São Paulo, tendo como única e responsável a ONG APOGLBT SP, que pode ser acessada pelo site www.paradasp.org.br

 

NO COMMENTS

Leave a Reply