sexta-feira, julho 21, 2017
Tags Posts tagged with "Museu da Diversidade Sexual"

Museu da Diversidade Sexual

A Associação da Parada do Orgulho GLBT de São Paulo – APOGLBT, por meio de uma Petição Online, vêm publicamente solicitar ao nosso Governador do Estado de São Paulo, que dê continuidade ao processo de transferência do Museu da Diversidade Sexual (MDS), da sua atual sede, no Piso Mezanino da Estação República do Metrô de São Paulo, para a sua sede definitiva, na Avenida Paulista, nº 1.919, no Palacete Franco de Mello.
 .
Para isso, solicita a todas as pessoas interessadas neste processo, a assinar a Petição Online abaixo:
.

http://paradasp.org.br/peticaomds

 

Mostra “Será que el_ é” é marcada pela presença de figurinos, fotografias, instrumentos musicais e homenagens a ícones do Carnaval LGBT

O Museu da Diversidade Sexual, instituição cultural do Governo do Estado de São Paulo, abre no dia 18 de fevereiro, sábado, a exposição “Será que el_ é?”. Inspirada no Carnaval, a mostra, com curadoria do carnavalesco Sidney França, faz um panorama da relação histórica entre a comunidade LGBT e a maior manifestação cultural do Brasil e fica em cartaz até o dia 27 de maio de 2017. A entrada é gratuita.

“Será que el_ é?” aponta a importância da diversidade na construção do Carnaval, um espaço que sempre foi acolhedor e livre para as mais variadas manifestações e expressões da sexualidade, um período onde muitas pessoas “saíam do armário” para viver sua sexualidade reprimida durante o ano.

O Museu da Diversidade Sexual se transforma em um grande carro alegórico, dentro do qual ficam expostos figurinos, fotografias, histórias e instrumentos musicais. A exposição presta ainda homenagem a alguns ícones da comunidade LGBT que simbolizaram como ninguém a festa, como Elke Maravilha e Clóvis Bornay.

O título da exposição faz referência à famosa marchinha, grande sucesso dos bailes de Carnaval desde os anos 60. Muito embora seu tom jocoso possa parecer politicamente incorreto e seja muitas vezes cantada acompanhada de um coro entoando uma palavra ofensiva no final de suas estrofes, o mesmo termo foi incorporado pela comunidade LGBT e requalificado, sendo utilizado nos bailes, blocos e ruas como grito de empoderamento.

Integram também a exposição objetos do Grêmio Arco-Íris, primeira escola de samba LGBT de São Paulo, e fantasias de estilistas e destaques consagrados do Carnaval, como Michelly Xis, Bruno Oliveira, Isaac Rodrigues e Mauricio Pina.

“Será que el_ é?” tem ainda uma simulação de uma oficina de fantasias de Carnaval, onde os visitantes podem conferir como funciona o processo de confecção de um adereço, e um espaço interativo, onde poderão customizar suas roupas para brincar nos bloquinhos.

SERVIÇO:

Exposição “Será que el_ é?”, no Museu da Diversidade Sexual
Curadoria: Sidney França
Abertura: 18 de fevereiro, às 15h00 – Em cartaz até 27 de maio de 2017
Endereço: Rua do Arouche, 24 – piso mezanino da estação República do metrô
Horário de funcionamento: terça a domingo, das 10h00 às 18h00
Telefone: (11) 3882-8080
Site: www.mds.org.br
Entrada gratuita

Até o dia 15 de Novembro de 2016, a Associação Diversa, Arte e Cultura – DAC estará com as inscrições abertas para a seleção de proposta para a II MOSTRA DIVERSA, a ser realizada no Museu da Diversidade Sexual – MDS, localizado na Estação do Metro República em São Paulo para o ano de 2017.

A ideia é promover projetos culturais que tenham como tema questões ligadas a diversidade sexual que resultem em obras realizadas com as seguintes técnicas: fotografia, pintura, obras em papel e grafite para a II Mostra Diversa. Sempre apresentando um panorama contemporâneo de projetos culturais inovadores que tenham como tema a diversidade relacionada às expressões e identidades de gênero e às orientações sexuais.

Para a inscrição, só serão aceitas pessoas físicas (cada proponente deverá enviar apenas um projeto coletivo ou individual) e as obras deverão ter no máximo 100 cm x 100 cm.

Outros detalhes podem ser lidos no edital, disponível on-line neste link:
http://www.apaacultural.org.br/editais_convocatorias_interna.php?id_convoca=43

O Museu da Diversidade Sexual inaugura neste domingo (11), às 15h, a exposição Caio Mon Amour, uma homenagem à vida e obra do autor Caio Fernando Abreu que faz parte da Semana Mon Amour, série de espetáculos de diferentes linguagens em homenagem ao escritor gaúcho.

Com curadoria de Paula Dip, a mostra que fica em cartaz até 28 de janeiro de 2017, conta com uma série de atividades interativas: poemas destacáveis para os visitantes levarem de recordação, mimeógrafo onde poderão ser impressos seus textos, máquina de escrever onde o público poderá criar seus próprios poemas e uma parede com palavra em ímãs.

Serviço:

Exposição: CAIO mon amour – amor e sexualidade na obra de Caio Fernando Abreu
Curadoria de Paulo Dip. Projeto expográfico Zol Design.
De 11 de setembro de 2016 a 28 de janeiro de 2017.
Local: Estação República do Metrô – Piso Mezanino – São Paulo / SP
Abertura da exposição – horário: 16h
A entrada é gratuita.

Para quem mora em São Paulo, neste final de semana tem o segundo lançamento do livro “SEM DESTINO: depois que ela partiu…”, de Karina Dias no Museu da Diversidade Sexual.

Conhecida entre meninas que gostam de meninas, Karina Dias já escreveu diversos livros com temática LGBT, inclusive, participou de coletâneas em diversas editoras LGBTs, como a Malagueta, Editora Orgástica e Metanóia.

No lançamento de seu livro também terá uma roda de conversa com outras escritoras de livros com temática lésbica, entre elas Lis Selwyn, Priscila Cruz e Marisa Medeiros. A participação é gratuita! Meninos também são bem vindos!

Serviço:

Literatura Lésbica. Lançamento do livro de Karina Dias, com participação das escritoras Lis Selwyn, Priscila Cruz e Marisa Medeiros
Onde? No Museu da Diversidade Sexual
Rua do Arouche, 24 – Mezanino do Metrô República – São Paulo
Horário: das 15 as 18h

Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/199909390410491

A mostra de Paulo von Poser e Marcio Zamboni aborda vários temas celebrando a diversidade sexual

Por Tâmara Smith

A exposição foi inaugurada dia 17 de maio, Dia Internacional Contra a Homofobia, Transfobia e Lesbofobia, no Museu da Diversidade Sexual com iniciativa da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, celebrando o reconhecimento da diversidade sexual e de gênero como parte dos Direitos Humanos e as lutas por igualdade ao redor do mundo.

museu-diversidade-sexual-sonharomundo-2

Os idealizadores, Paulo von Poser e Marcio Zamboni compartilham nesta exposição as nossas lutas, inspirações, sofrimento, segredos e corpos em obras híbridas por meio de instalações interativas onde os visitantes compartilham seus sonhos, sentimentos e realizações.

A Associação da Parada do Orgulho LGBT,  a organizadora da maior Parada do Orgulho LGBT do mundo, também está presente no acervo destas memórias. Algumas obras presentes como a “Rosa da Diversidade”, o ”Altar de Inspirações” e ”Acervos da Diversidade” são, de fato, brilhantes!

Quer conhecer esse incrível trabalho? Visite o primeiro Museu da Diversidade Sexual da América Latina, e terceiro do mundo com temática LGBT. Fica no mezanino do Metrô República, em São Paulo. Entrada franca.

Serviço:

Exposição: “Sonhar o Mundo”
Paulo von Poser e Marcio Zamboni
Onde? No Museu da Diversidade Sexual
Estação República do Metrô – Piso Mezanino, loja 518
Quando? De 17 de maio até 27 de agosto de 2016
Horários: De terça a domingo, das 10h às 18h – Entrada Gratuita
Realização: Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo
Execução: Museu da Diversidade Sexual e APAA

No próximo dia 28.05 (sábado), o Museu da Diversidade Sexual de São Paulo receberá, das 13h às 19h, o lançamento de três importantes livros cujos conteúdos também são voltados à igualdade de gênero.

Realizado pela Metanoia Editora, o evento chamado de “Lançamentos em favor da diversidade sexual”, promete trazer além de uma tarde de autógrafos e fotos, um enriquecedor bate-papo com as autoras, que vai desde o processo de criação das obras, até as experiências de luta por igualdade que travam diariamente com parte da sociedade.

Será um verdadeiro “esquenta” para o dia seguinte, quando aproximadamente 2 milhões de pessoas são esperadas para enaltecer a liberdade do amor sem discriminação na Avenida Paulista.

O tema escolhido para receber uma abordagem especial entre as escritoras e o público é a Transfobia, e os títulos que serão apresentados aos leitores são ‘Entre Páginas’, da Lis Selwyn, ‘Sam&Jessy: uma verdadeira história de amor’, da Priscila Cruz, e o novo livro da já aclamada Janaína Leslão, Joana Princesa, que figura como o primeiro conto de fadas brasileiro que tem como protagonista uma princesa TRANS.

Mais que um evento LGBT, será uma verdadeira celebração em prol de um planeta menos intolerante. Vamos discutir os malefícios da transfobia e, claro, da homofobia, já que ambas as demonstrações de preconceito têm contribuído fortemente para disseminação da violência e, consequentemente, a causa da morte de muitas pessoas inocentes. Nossas autoras vão relatar as experiências particulares, mas o público poderá interagir e sair de lá melhor informado para compartilhar conhecimento – enfatiza Lea Carvalho, editora da Metanoia, principal instituição literária do país na luta pelos direitos LGBT.

Assim como os livros, todo evento é voltado ao público em geral e não faz qualquer distinção no que diz respeito à diversidade humana, pelo contrário. Todos aqueles que sonham com um país livre de preconceitos são bem-vindos ao colorido universo do amor incondicional.

SERVIÇO:

Lançamentos em favor da diversidade sexual
Quando: 28 de maio, das 13h às 19h
Onde: Museu da Diversidade Sexual (piso mezanino)
Endereço: Rua do Arouche, 24 – República (ao lado da estação de metrô). São Paulo- SP
Quanto: Entrada franca!