Tinder anuncia ações para celebrar o mês do orgulho LGBTQI+

São Paulo, Junho de 2020 – Sabemos que estamos vivendo um momento sensível, mas não podemos deixar as bandeiras ou comemoração do mês do Orgulho LGBTQI+ de lado. Por isso, para este ano, Tinder preparou uma série de ações que buscam conscientizar seus membros sobre diversidade e inclusão. Com novidades que vão até o início de julho, o app buscará trazer mais respeito e mais diversidade para que a comunidade LGBTQI+ continue se expressando livremente durante todo o ano. Para isso, o Tinder planeja o lançamento de features, além de ações educativas dentro e fora do app. A marca ainda terá uma parceria incrível.

CONTA MAIS

Para dar aquele up no seu perfil do Tinder e mostrar ainda mais da sua personalidade,  o app lançou um novo feature: Conta Mais. Com ele, você vai poder adicionar respostas de algumas perguntas ao seu perfil, assim, além de contar mais sobre você mesmo, já deixa aquele gancho para puxar um papo com a @.

  1. São necessários apenas três passos: para acessar o Conta Mais! é só ir no ícone de perfil no canto superior direito do seu aplicativo depois 👉 Adicionar mídia e 👉Conta Mais
  2. Escolha seus favoritos : 👉vá no canto superior esquerdo e clique no ícone com duas linhas para ver todas as opções. Se preferir, clique nos dados para escolher uma aleatoriamente. Suas respostas entrarão junto das suas fotos (assim, antes mesmo de abrir o seu perfil as @ poderão saber mais sobre você.) Ah, e para o Mês do Orgulho LGBTQI+ a gente preparou um combo de perguntas especiais! É só escolher as perguntas que podem contar um pouquinho sobre você e respondê-las! Para dar aquela ajuda, já selecionamos algumas nossas preferidas:
  • +Se eu pudesse jantar com um ícone LGBTQI+, seria com… (Respondendo Ru Paul em 3, 2… 🙈)
  • +Eu mostro meu orgulho LGBTQI+ ao… (Essa pede até uma fotinha para complementar a resposta, hein?)
  • A música que representa o Orgulho LGBTQI+ para mim é… (Lady Gaga? Cher? Madonna?)
  1. Pronto!: depois que você tocar em “Adicionar”, o card com a sua resposta será adicionado às fotos do seu perfil. Você pode reorganizar as fotos de jeito que quiser! Ah, e vale lembrar: você pode removê-los – a qualquer momento também. Mas se você tiver qualquer dúvida, não tem problema, fica de olho no @TinderBrasil que lá a gente também te ensina como fazer.

APOIO

Como nada se constrói sozinho, contamos com o apoio da Associação da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo (@ParadaSP) que nos ajudou a desenvolver mais novidades que serão anunciadas ainda neste mês. Daqui para frente eles serão nosso braço direito em todas as ações voltadas para a comunidade LGBTQI+.

PARCERIA

Pabllo Vittar agora foi longe demais e fez uma parceria com o app de conexões mais querido do mundo! Para falar sobre inclusão, respeito e diversidade vamos contar com a nossa diva pop. Se prepara para a chuva de posts.

IUKÊ? Tem mais! Dia 28 de junho vai ter um evento musical online da ícone com participações especiais do Tinder e cheias de sucesso para todo mundo cantar junto! Anota na agenda que entraremos ao vivo a partir das 17h no canal da Pabllo no Youtube.

SOBRE TINDER

O Tinder criado em um no campus de uma faculdade em 2012 e é o aplicativo mais popular do mundo para conhecer novas pessoas. Ele foi baixado mais de 340 milhões de vezes e está disponível em 190 países e em mais de 40 idiomas. Desde o primeiro trimestre de 2020, o Tinder contava com 6 milhões de assinantes e era o aplicativo sem jogos mais rentável do mundo.

https://www.instagram.com/tinderbrasil/

https://twitter.com/tinderbrasil

 

SOBRE ASSOCIAÇÃO DA PARADA DO ORGULHO LGBT DE SÃO PAULO

A primeira Parada do Orgulho LGBT realizada na cidade de São Paulo ocorreu em junho de 1997, na avenida Paulista, antecedida de uma manifestação, com o objetivo de reunir gays, lésbicas, bissexuais, transexuais, travestis e ativistas para celebrar o orgulho e protestar contra o preconceito. Naquela época, os movimentos sociais por direitos humanos não adotavam uma sigla comum para representar a diversidade, isso explica, por exemplo, o porquê do grupo organizador denominar a primeira marcha de “Parada do Orgulho GLT”, ou seja, gays, lésbicas e travestis.

No ano seguinte, veio a necessidade de instituir uma ONG, que fosse responsável pela Parada. Assim, nasceu a Associação do Orgulho GLBT de São Paulo (APOGLBT SP). Até então, o movimento homossexual utilizava a sigla GLBT (gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros). Em 2008, após algumas discussões políticas, o movimento decidiu dar uma maior visibilidade as lésbicas e alterou a ordem das letras, colocando o “L” em frente da sigla, ficando como “LGBT” (lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros). Essa alteração também foi baseada no movimento que vinha acontecendo em outros países, que também começaram a adotar a sigla LGBT.

Por isso hoje, nosso principal evento político ganhou o nome de “Parada do Orgulho LGBT”. Ele é promovido pela APOGLBT juntamente com outros eventos políticos que acontecem durante o ano

https://www.instagram.com/paradasp/

https://www.facebook.com/paradasp

https://twitter.com/paradasp

https://www.youtube.com/channel/UCAMi-xt7Ssqh7Z1VELoqKlw/featured


>> Aproveitando sua visita:

– Ajude a ONG APOGLBT SP, Associe-se!
– Nosso evento no Facebook para 2020 foi criado: ParadaSP 2020
– Curta as redes sociais da Parada LGBT de SP: Facebook / Twitter / Instagram

Publicado por: Fabrício Viana
Fabrício Viana é o jornalista (MTB 80753/SP) responsável pela assessoria de imprensa e comunicação da APOGLBT SP, ONG que realiza a maior Parada LGBT do mundo. Para a página de Imprensa, aqui. Contato com a Diretoria da ONG, aqui. Seja um Associado/a, aqui