Tinder lança Central de Segurança no Brasil

Construído em parceria com ONGs locais, a Central de Segurança disponibiliza dicas de segurança para encontros além de oferecer recursos relevantes para o bem-estar dos membros do app

O Tinder anunciou hoje o lançamento da sua Central de Segurança no Brasil. Construída por uma equipe dedicada à segurança do Tinder, esse recurso robusto trará aos membros fácil acesso a ferramentas relevantes para seu bem-estar ao usar a plataforma. Como uma seção em evolução do aplicativo, o conteúdo da Central de Segurança será continuamente revisado e atualizado. Os tópicos incluirão as orientações mais recentes para encontrar alguém com segurança e oferecerão recursos educacionais – bem como uma lista de linhas diretas locais que oferecem suporte para diversas áreas, como saúde mental, violência por conta de preconceito e segurança na Internet. A Central de Segurança foi desenvolvida em parceria com a expertise e assessoria de diversas ONGs, incluindo FONATRANS, ABGLT, Associação da Parada do Orgulho LGBT de SP e Mapa do Acolhimento, entre outras. Para uma lista completa de organizações parceiras, acesse aqui.


“Todos os dias, milhões de membros do Tinder confiam em nós para apresentá-los a novas pessoas, e nós nos dedicamos a construir recursos inovadores de segurança que atendam às necessidades das comunidades de date online de hoje”, disse Rory Kozoll, Chefe de Produtos de Segurança do Tinder. “Após o sucesso do lançamento da Central de Segurança nos Estados Unidos, Reino Unido, França, Alemanha e Japão, tenho o orgulho de anunciar a disponibilidade desse recurso no Brasil – o primeiro país da América Latina a oferecer um recurso desse tipo no Tinder. Para nós, representa um passo importante para impulsionar nosso trabalho de segurança em uma escala incomparável no mercado.”

O objetivo de cada Central de Segurança é disponibilizar recursos relacionados à segurança e fornecer meios de suporte que conectem membros em alguma situação de necessidade com especialistas relevantes. Considerando que as informações de segurança estavam disponíveis anteriormente apenas dentro das configurações do aplicativo, a Central de Segurança estará disponível com maior acessibilidade por meio do menu principal do app e sempre que os membros trocarem mensagens com matches.

O lançamento da Central de Segurança no Brasil está sendo feito base no compromisso de Tinder em ter, cada vez mais, um ambiente onde todas as pessoas se sintam livres para serem quem são. Nos últimos anos, Tinder trabalhou em estreita colaboração com o Match Group Advisory Council (MGAC), bem como com ONGs locais para continuar a construir recursos e processos para manter os membros mais seguros. Recentemente, Tracey Breeden foi nomeada VP de Segurança e Defesa Social para liderar e ajudar a apoiar esses esforços em todo o portfólio do Match Group.


>> Aproveitando sua visita:

– Ajude a ONG APOGLBT SP Associe-se!

Publicado por: Fabrício Viana
Fabrício Viana é o jornalista (MTB 80753/SP), escritor LGBT premiado e responsável pela assessoria de imprensa e comunicação da APOLGBT SP, ONG que realiza a maior Parada LGBT do mundo. Para a página de Imprensa, aqui. Contato com a Diretoria da ONG, aqui. Seja um Associado/a, aqui