Transexual é morta a pauladas na Zona Norte de São Paulo




Também nosso Twtiter e Facebook

Mais um caso de transfobia no Brasil. Alemax Machado da Silva, transexual de 25 anos mais conhecida como Larissa, foi morta a pauladas por quatro homens neste último domingo em Santana, bairro localizado na Zona Norte de São Paulo.

Segundo a Polícia Civil, o crime aconteceu por volta das 7h da manhã, na garagem de um hotel localizado na rua Voluntários da Pátria.

Um dos funcionários escutou um barulho muito alto e foi ver o que era, quando chegou, viu a vítima caída, já sem vida.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, nenhum dos agressores foi identificado ainda.

O caso, que está sendo investigado pelo DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa), já sabe que a vítima atuava como garota de programa no bairro e foi atingida por quatro pessoas com pedaços de madeira.


>> Aproveitando sua visita:

– Ajude a ONG APOGLBT SP, Associe-se!
– Curta as redes sociais da Parada LGBT de SP: Facebook / Twitter / Instagram
– Participe também do evento oficial da Parada no Facebook: Parada do Orgulho LGBT de SP 2018

Publicado por: Fabrício Viana
Fabrício Viana é jornalista (MTB 80753/SP), gay, escritor premiado e responsável pela assessoria e comunicação da APOGLBT SP, ONG responsável pela maior Parada LGBT do mundo. Mais informações sobre Viana, aqui.


Deixe uma resposta

5 × 3 =