#TRANSFOBIA Alice Felis tem sua casa invadida, sofre agressões e pede ajuda

No último domingo, a blogueira trans Alice Felis teve seu apartamento localizado no bairro de Copacabana (RJ) invadido e seu rosto desfigurado.

Em vídeo, que circula nas redes sociais, ela conta que um homem invadiu sua casa, a agrediu com uma faca, revirou todo o apartamento e ainda roubou R$ 3 mil.

“Ele levou o único dinheiro que eu tinha. Não tenho dinheiro para nada. E ainda me ameaçou dizendo que não era para eu ficar no Rio. Se ficasse, ia me matar de verdade”, conta Alice.

Felipe Neto, Kéfera e outros influencers se pronunciaram nas redes sociais se solidarizando.

Alice Felis abriu uma vakinha online para que as pessoas a ajudem a consertar seus dentes e nariz.

“Preciso de ajuda para consertar meu nariz e meus dentes, fui agredida brutalmente por um homem em meu apartamento! Alem de ter me agredido, ele me estaqueou na perda, quebrou meu maxilar, me fez perder 5 dentes, e quebrou todo meu apartamento(alugado) vou ter que pagar todo prejuízo do apartament, como guarda roupa, janela, espelho, sofá, mesa, etc… Por favor gente me ajudem”, disse ela no texto.

Felizmente, a vakinha com meta de R$ 60 mil já foi atingida. Neste momento está em R$ 65 mil.

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/alice-alice-felis

Em 2019, 124 pessoas trans foram assassinadas no Brasil.

País que mata pessoas trans no mundo.


>> Aproveitando sua visita:

– Ajude a ONG APOGLBT SP, Associe-se!
– Nosso evento no Facebook para 2020 foi criado: ParadaSP 2020
– Curta as redes sociais da Parada LGBT de SP: Facebook / Twitter / Instagram

Publicado por: Fabrício Viana
Fabrício Viana é o jornalista (MTB 80753/SP) responsável pela assessoria de imprensa e comunicação da APOGLBT SP, ONG que realiza a maior Parada LGBT do mundo. Para a página de Imprensa, aqui. Contato com a Diretoria da ONG, aqui. Seja um Associado/a, aqui