"Três formas de amar", filme cult dos anos 90 inspira peça teatral em São Paulo




Também nosso Twtiter e Facebook

Um triangulo bissexual é mote da comédia romântica “3 Formas de Amar” no Teatro Augusta.

No final de 1994, estreava no Brasil um filme despretensioso que abordava a relação entre três jovens diante de novas possibilidades de amar. O tempo passou e “3 formas de amar” ainda é referência na lista de filmes com temática LGBT e registro marcante na memória de muitos trintões. Para a alegria dos nostálgicos, a versão teatral estreou dia 1 de outubro e fica em cartaz até o final do mês, sempre aos sábados e domingos no Teatro Augusta.

Nesta nova versão, livremente inspirada no filme, os papeis de Josh Charles, Lara Flynn Boyle e Stephen Baldwin são vividos respectivamente pelos atores Tiago Pessoa, Thalyta Medeiros e Diego Biaginni. Eles interpretam três jovens que dividem o aluguel e as despesas de um apartamento em São Paulo. Amor, incertezas e muitos desejos fazem parte do universo desses jovens que ainda se prepararam para a famigerada vida adulta.

Na comédia, dirigida por Renato Andrade, Leo é um rapaz acanhado, recém-chegado do interior, Alexia é uma aspirante a atriz e Vinicius é o vértice divertido e irresponsável do triangulo amoroso que se forma entre eles. São desconhecidos, completamente diferentes, mas que se aproximam em meio às dificuldades de se viver em uma grande metrópole. Aos poucos, surge uma amizade e um imbróglio amoroso, repleto de questionamentos típicos da juventude.

Embora se passe nos anos 90, época em que bissexualidade ainda era um assunto abafado, a história não se foca nos dramas ou discussões sobre o tema. Seu diferencial é apresentar uma relação de poliamor de maneira simples e divertida. É uma história sobre três jovens, que em dado momento, se veem apaixonados uns pelos outros e precisam lidar com esse sentimento, com o amor e suas infinitas formas de amar.

Ficha Técnica:

ADAPTAÇÃO: Pessoa Produções
DIREÇÃO: Renato Andrade
ELENCO: Diego Biaginni, Thalyta Medeiros e Tiago Pessoa.
FOTOS: Caio Gallucci
LUZ: Bob Lima
CENÁRIO: Cristiano Panzarin
FIGURINOS: Renato Andrade

SERVIÇO:

LOCAL: Teatro Augusta (Rua Augusta 943, Consolação), sala principal, 304 lugares. Estacionamento conveniado. Acesso a deficiente.
DATA: 01/10 até 30/10 (Sábado 22h e Domingo 20h)
INGRESSOS: R$50,00 (Inteira). Aceita cartões.
INFORMAÇÕES: (11) 3151 4141
DURAÇÃO: 70 min
GÊNERO: Comedia Romântica
CLASSIFICAÇÃO: 14 anos


>> Aproveitando sua visita:

– Ajude a ONG APOGLBT SP, Associe-se!
– Curta as redes sociais da Parada LGBT de SP: Facebook / Twitter / Instagram
– Participe também do evento oficial da Parada no Facebook: Parada do Orgulho LGBT de SP 2018

Publicado por: Fabrício Viana
Fabrício Viana é jornalista (MTB 80753/SP) e responsável pela assessoria e comunicação da APOGLBT SP, ONG responsável pela maior Parada LGBT do mundo. Mais informações sobre Viana, aqui.


Deixe uma resposta

12 − 4 =