Uber promove “Cine na Praça” com programação em celebração ao orgulho LGBTQIA+

  • Realizado desde 2012, projeto volta à Praça Victor Civita com programação entre 6 e 27/6, sempre às quintas, com exibições semanais gratuitas.
  • Na sexta, dia 21/06, será realizada sessão especial com roda de conversa e apresentação musical de Jaloo

A Uber está levando o projeto Cine na Praça de volta ao seu palco de origem, a Praça Victor Civita. Com uma programação especial com temática focada no orgulho LGBTQIA+, a programação vai acontecer entre 6 e 27 de junho, sempre às quintas e a partir das 19h. A programação do mês, chamada ‘Orgulho em Todas as Cores’, contará com a exibição de títulos como ‘Bohemian Raphsody’, ‘XXY’, ‘A Garota Dinamarquesa’ e ‘Desobediência’.  Gratuito, o evento quer promover a reflexão sobre os temaS por meio de uma linguagem acessível e universal, o cinema.

No dia 21/6,dois dias antes da Parada LGBTQIA+, o evento promoverá sessão especial com projeção do filme ‘Paraíso Perdido’ seguido pelo show do músico Jaloo, que é um dos protagonistas do longa-metragem. Antes do início da sessão, haverá também uma roda de conversa liderada pela professora Sheila Farias Costa.

Esta edição especial do ‘Cine na Praça’ levará à Praça Victor Civita uma ambientação que dialoga com a celebração do orgulho LGBTQIA+, que será expresso no design, estética e iluminação. Todo o time de colaboradores também será composto por profissionais da comunidade homenageada.

“A agenda Uber 2019 para promover o orgulho LGBTQIA+ é inaugurada esse ano por meio do Cine na Praça. Com isso, queremos levar informação sobre os diversos grupos identitários que fazem parte dessa grande comunidade. Dentro da bandeira LGBTQIA+, há 12 outras bandeiras às quais queremos dar visibilidade. E os filmes escolhidos para esse festival representam esses diversos grupos”, explica Ana Pellegrini líder de diversidade da Uber no Brasil.

A PROGRAMAÇÃO

6 de Junho – A abertura do ciclo trará uma das produções que marcou o cinema mundial recentemente. Indicado ao prêmio de Melhor Filme e vencedor nas categorias ‘Melhor Ator’ (Rami Malek), ‘Melhor Edição’, “Melhor Edição de Som” e “Melhor Mixagem de Som” no Oscar 2019, “Bohemian Rhapsody” conta a história da lendária banda inglesa ‘Queen’, desde sua criação até o show Live Aid, em 1985. Centrado em dilemas da banda com a fama e, em boa parte, nos dramas da vida de Freddie Mercury – principalmente no que diz respeito à sua orientação sexual – o longa foi recebido por especialistas e pela opinião pública de forma controversa, num misto de aclamação e críticas. É fato que o filme marcou época e, à sua forma, traz à tona questões do universo LGBTQIA+.

13 de Junho – Será exibido o filme ‘XXY’, um drama dirigido por Lucía Puenzo sobre a história de Alex, um adolescente interssexual (com características de ambos os sexos). Sua família, em fuga da cultura social vigente e da medicina tradicional, resolve viver isolada numa área de dunas. Entretanto, numa visita de amigos que levam consigo o filho adolescente, grandes conflitos voltam a assolar Alex. O filme conta com atuações de Inés Efron, Martín Piroyansky e Ricardo Darín, entre outros.

20 de Junho – “A Garota Dinamarquesa”. Retrato pseudo-biográfico do drama de Einar Wegener, um pintor dinamarquês que não se vê dentro de suas configurações corporais de nascença, o filme dirigido por Tom Hooper mostra a vida dele com a esposa, Gerda Wegener, que acaba por apoiá-lo na busca por uma das primeiras cirurgias de mudança de sexo da história. As nuances do retrato feito sobre o antes e o depois da cirurgia de Einar e o impacto dela perante os demais personagens destacam-se na película.

21 de Junho | Sexta | Programação especial – um programa especial foi preparado para o público: além da projeção de praxe, que nessa oportunidade trará ‘Paraíso Perdido’ – filme de Monique Gardenberg que mostra a realidade cheia de homofobia, violência doméstica e racismo por trás de um clube noturno homônimo -, será realizado um bate-papo anterior à exibição, a partir das 18h, com a professora Sheila Farias Costa, referência em situação de gênero e diversidade e coordenadora da Revista Alternativa L. Após a sessão cinematográfica será realizado show do músico, ator e produtor Jaloo, que também estrela o filme da noite no papel de Ímã.

27 de Junho – O fechamento do ciclo ‘Orgulho’ terá a exibição de ‘Desobediência’, produção que mostra a ida de Ronit ao seu país de origem após a morte do pai, um respeitado rabino local.  A questão crucial deste retorno, entretanto, é apresentada posteriormente ao espectador, que é introduzido ao passado da personagem principal, que esteve envolvida em caso de paixão homossexual com Esti. Tal envolvimento, mal visto pela comunidade, culminou na ida de Ronit ao exterior e no casamento forçado de Esti com um homem. O reencontro traz à tona uma atmosfera de infelicidade em contraste com a esperança de um novo amanhã para as amantes.

SERVIÇO:

“CINE NA PRAÇA”
Gratuito: não é necessária inscrição
Datas e Horários: 6, 13, 20, e 27 de junho (às quintas-feiras) às 19h e sessão especial 21 de junho (sexta) às 18h
Local: Praça Victor Civita | Rua Sumidouro, 580, Pinheiros
Ingresso: Gratuito
Classificação: 14 anos.
Outras informações: 11 5102-2050


>> Aproveitando sua visita:

– Ajude a ONG APOGLBT SP, Associe-se!
– Curta as redes sociais da Parada LGBT de SP: Facebook / Twitter / Instagram
– Participe também do evento oficial da Parada no Facebook: Parada do Orgulho LGBT de SP 2018

Publicado por: Fabrício Viana
Fabrício Viana é jornalista (MTB 80753/SP), gay, life coach, escritor premiado e responsável pela assessoria e comunicação da APOGLBT SP, ONG que realiza a maior Parada LGBT do mundo. Mais sobre Viana? Clique aqui.