Vítima de violência ou discriminação em São Paulo? Procure um Centro de Cidadania LGBTI

Atendimento gratuito e especializado oferece apoio jurídico, psicológico e orientações sobre os serviços públicos disponíveis na rede

A Cidade de São Paulo conta com quatro Centros de Cidadania LGBTI. Os locais funcionam como pontos de orientação para a população a respeito dos serviços oferecidos na rede municipal, além de prestar apoio jurídico e psicológico às vítimas de violência LGBTIfóbica. As denúncias de LGBTIfobia podem ser feitas pelo disque 100 ou diretamente em um dos centros de cidadania.
.

Inaugurados em 2015 (Arouche, atual Luiz Carlos Ruas) e 2016 (Zona Sul, Zona Leste e Zona Norte), os centros atuam a partir de dois eixos:

• Defesa dos Direitos Humanos: atendimento a vítimas de violência, preconceito e discriminação com a prestação de apoio jurídico, psicológico e de serviço social, tudo com acompanhamento para realização de boletins de ocorrência e demais orientações.

• Promoção da Cidadania LGBTI: suporte e apoio aos serviços públicos municipais da região central, por meio de mediação de conflitos, palestras e sensibilização de servidores. Realização de debates, palestras e seminários.

Além das sedes fixas na Consolação, Santo Amaro, São Miguel Paulista e Parada Inglesa, quatro Unidades Móveis de Cidadania LGBTI percorrem São Paulo levando estes e outros serviços para as regiões, tornando as políticas públicas da Prefeitura de São Paulo ainda mais acessíveis para o público LGBTI.

A partir de 2017, todos os Centros também passaram a oferecer o Programa Transcidadania (antes restrito à unidade Arouche, no centro da cidade).

Com isso, passou a integrar o desenvolvimento do trabalho focado na capacitação escolar e profissional, com oferecimento de cursos, oficinas, debates e palestras, visando o desenvolvimento dos beneficiários e beneficiárias que frequentam os Centros, além de ampliar o alcance do programa.

Serviço:

Centro de Cidadania LGBTI Luiz Carlos Ruas
Rua Visconde de Ouro Preto, 118 – Consolação
Segunda a sexta-feira, das 9h às 18h
Telefone: (11) 3225-0019
centrodecidadanialgbt@prefeitura.sp.gov.br

Centro de Cidadania LGBTI Laura Vermont (Zona Leste)
Avenida Nordestina, 496 – São Miguel Paulista
Segunda a sexta-feira, das 9h às 18h
Telefone: (11) 2032-3737
centrolgbtleste@prefeitura.sp.gov.br

Centro de Cidadania LGBTI Luana Barbosa dos Reis (Zona Norte)
Rua Plínio Pasqui, 186, Parada Inglesa
Segunda a sexta-feira, das 9h às 18h
Telefone: (11) 2924-5225
centrolgbtnorte@prefeitura.sp.gov.br

Centro de Cidadania LGBTI Edson Neris (Zona Sul)
Rua São Benedito, 408 – Santo Amaro – São Paulo-SP
Segunda a sexta-feira, das 9h às 18h
Telefone: (11) 5523-0413 / 5523-2772
centrolgbtsul@prefeitura.sp.gov.br


>> Aproveitando sua visita:

– Ajude a ONG APOGLBT SP, Associe-se!
– Nosso evento no Facebook para 2020 foi criado: ParadaSP 2020
– Curta as redes sociais da Parada LGBT de SP: Facebook / Twitter / Instagram

Publicado por: Fabrício Viana
Fabrício Viana é o jornalista (MTB 80753/SP) responsável pela assessoria de imprensa e comunicação da APOGLBT SP, ONG que realiza a maior Parada LGBT do mundo. Para a página de Imprensa, aqui. Contato com a Diretoria da ONG, aqui. Seja um Associado/a, aqui